As boas novas do rejuvenescimento
29 de outubro de 2010
Anda estressada demais?
3 de novembro de 2010
Mostrar Todos

Você gosta + dele do que ele de você?

Positiva ou negativa, não importa qual tenha sido a resposta para a pergunta abaixo. Saiba que colocar os sentimentos na balança pode ser arriscado para o relacionamento. Veja como equilibrar essa história para ter um romance saudável

Por Raquel Maia

A razão da vida de Marina é João Paulo, seu namorado há dois anos. Ela não sai mais com as amigas como antigamente, pouco liga para elas, na verdade. Passa boa parte do seu dia na internet procurando evidências de uma possível traição do rapaz e o seu rendimento no trabalho caiu bastante por conta disso. João Paulo, por sua vez, não dispensa o futebol com os amigos e, uma vez por semana, sai com o pessoal do trabalho, enquanto Marina fica em casa vendo TV. Um belo dia, durante uma discussão de relacionamento (a temida DR!), ela soltou a célebre frase: “eu gosto muito mais de você, do que você de mim!”. Depois disso, foi briga na certa. Marina e João Paulo são personagens fictícios, mas bem que poderiam ser você e seu namorado. Ou sua irmã e seu cunhado. Ou qualquer outro casal que você conheça. Afinal de contas, quantas vezes você não ouviu falar a respeito ou até viveu histórias bem parecidas com essa? Para começo de conversa, “quantificar” o amor não ajuda em nada uma relação. E por um simples motivo: isso gera um estresse desnecessário. “Algumas pessoas costumam dizer que gostam mais porque demonstram com maior frequência. Nem sempre o homem sabe demonstrar que ama da mesma forma que a mulher, e se sente cobrado quando ela diz que gosta mais”, conta Rennata Alarcon, escritora e consultora emocional, responsável pelo site Vai Ser Feliz. Portanto, falar ao seu marido ou namorado que ele a ama menos, definitivamente, não vai fazê-lo se apaixonar perdidamente. Só vai parecer cobrança…

Outra mulher
Os erros e prejuízos decorrentes de uma dedicação exclusiva ao parceiro são muitos. Afastar-se dos amigos é o primeiro deles. Afinal de contas, os relacionamentos começam e acabam, os namorados vão e vêm, mas os amigos ficam. Ou deveriam, pelo menos. Outro grande equívoco é depender de um homem para fazer tudo. “Mulheres que costumam se dedicar somente aos parceiros acabam tão dependentes que não vão à esquina sozinhas”, conta Rennata. Algumas, ainda, atrapalham suas vidas profissionais para ficar atrás de evidências de uma possível traição 24 horas por dia. Sim, porque a insegurança é uma das características mais evidentes neste cenário. Mas a pergunta que você deve se fazer é: como era a sua vida quando ele a conheceu? “O que a mulher nem sempre pensa é que o homem se apaixona por ela do jeito que a conheceu. Ou seja, ela tinha uma vida profissional e social, era independente. Depois, se apaixona tanto que passa a viver em função dele, coisa que o rapaz geralmente não pede”, observa Rennata. A partir daí, não é difícil o parceiro perder o interesse, já que percebe que se apaixonou por uma mulher que, agora, parece ser outra. “O homem não se afasta dos amigos quando está namorando ou casado, ele sai, joga bola. Mas essa mulher não tenta ter atividades independentes, espera ele falar o que quer fazer. Se ele não puder sair, ela não faz nada, fica em casa pra mostrar que é boa. Só que o homem se desinteressa, porque ele não a conheceu desse jeito”, explica a especialista. Se uma relação como essas acaba, é muito comum a mulher perder o chão. Afinal, a essa altura, todos os amigos já sumiram e reconquistar tudo demora um certo tempo. Muitas não percebem que estão errando durante o namoro, acham que os amigos são implicantes se falam alguma coisa. Mas tem de acontecer umas duas ou três vezes para aprender, infelizmente”, diz Rennata.

Amar além da conta
Segundo a psicóloga e terapeuta familiar Robin Norwood, autora do livro Mulheres que Amam Demais (que originou um grupo de apoio com o mesmo nome, o MADA), uma das características dessas mulheres é estar “muito mais em contato com o sonho de como o relacionamento poderia ser, do que com a realidade da situação”. A partir daí, surgem as cobranças, porque elas acabam projetando nos parceiros algo que têm como ideal. A autoestima baixa também é apontada pela psicóloga como um ponto em comum entre as mulheres com este perfil. No fundo, é como se ela não se achasse merecedora da felicidade, que deve, sim, conquistar esse direito. Além disso, costuma pegar para si mesma toda a responsabilidade do sucesso ou fracasso do relacionamento. Se isso é saudável? claro que não! “Mas qual o segredo para um relacionamento equilibrado?”, pergunta você. Simples: moderação das atitudes. Quando a mulher cria essa relação de dependência, sob o argumento de que ama demais, ela tende a se exceder nos mimos, no controle, nas declarações de amor… Por isso, segundo Rennata, a dica é pisar um pouco no freio, mesmo que você esteja apaixonadíssima. Não estamos falando em fazer joguinhos, como destratá-lo, provocar ciúmes ou testar o amor dele o tempo todo. “Homem é muito prático, não gosta desse tipo de atitude tipicamente feminina. Tudo sairia melhor se a mulher também pensasse com praticidade”, conta a consultora emocional. o que funciona, segundo ela, é não falar que ama a cada cinco minutos, não cobrilo de presentes (principalmente se forem caros), não ligar mil vezes no dia, não cobrar atitudes e frases apaixonadas e não deixar de viver a sua vida – sair com suas amigas, por exemplo. “o relacionamento é saudável quando os dois conseguem levar numa boa, de um jeito natural. Assim, o homem acaba se apaixonando ainda mais”.

12 passos para um relacionamento saudável
1 – EVITE QUANTIFICAR O AMOR. como já dissemos, isso é um relacionamento, não uma competição, certo?
2 – PROCURE O EQUILÍBRIO NAS SUAS ATITUDES. agradar é bom, mas não exagere na quantidade de mimos pois os homens se sentem sufocados, ou se acomodam.
3 – NÃO PERCA O CONTATO COM SEUS AMIGOS. Eles são de extrema importância e não é porque você está casada ou namorando que deve estar morta para eles.
4 – FAÇA PROGRAMAS INDEPENDENTE DELE. Quarta- feira é o dia de jogar futebol? então, nada de ficar em casa! saia com suas amigas também!
5 – NÃO DEIXE SEUS SONHOS DE LADO. Continue batalhando por seus objetivos, sem colocar o parceiro em primeiro lugar. ele vai ter orgulho de você por isso!
6 – MANTENHA A APARÊNCIA EM DIA. Isso demonstra confiança e amor próprio, conquistando a admiração dele.
7 – RESPEITE A INDIVIDUALIDADE DELE. Assim como você não gostaria que ele vasculhasse todos os seus emails e ligações do celular, não faça o mesmo. Lembre se: você pode ficar procurando em vão e ele ficar extremamente chateado pela sua desconfiança.
8 – SE FICAR DESCONFIADA DE ALGO, ABRA O JOGO. Bancar a detetive fará mal a você, a ele e ao relacionamento. Diálogo ainda é a melhor forma de resolver as coisas.
9 – ELE NÃO VAI DEIXAR O TRABALHO POR VOCÊ, por isso, não deixe sua vida profissional em segundo plano.
10 – ENTENDA QUE SUA FELICIDADE NÃO ESTÁ NAS MÃOS DELE. Você tinha uma vida antes de conhecê-lo e, se de repente o moço sair de cena, sua vida continua.
11 – AUTOESTIMA É TUDO! Quando você se ama, conquista o amor de outra pessoa muito mais facilmente. Basta se fazer a seguinte perguntinha: você gostaria de um homem que não gosta de si mesmo?
12 – A CONQUISTA É UM SERVIÇO DIÁRIO. Não importa há quanto tempo estão juntos, ela mantêm a paixão acesa.