Tudo sobre dieta pós-plástica
24 de abril de 2012
Anticoncepcional: mitos e verdades
24 de abril de 2012
Mostrar Todos

Recupere seu corpo depois do bebê!

Ser mãe é o sonho de muitas mulheres. Mas, após a gravidez, o desejo é quase unânime: voltar a ter o corpinho de antes! Porém, muitas mamães mal acabaram de sair da maternidade e já pensam em fazer cirurgia plástica, o que está descartado nos primeiros meses após o parto. Veja quais são os problemas estéticos mais comuns após a gestação e como solucioná-los sem prejudicar a recuperação natural do seu corpo

Por Andressa D’Amato

“Minha barriga não está mais retinha como antes”

Quando a mulher engravida, uma série de transformações ocorrem em seu corpo – tanto hormonais quanto estruturais. “Nesse período, a região abdominal cresce para comportar o bebê que está sendo gerado ali, e quanto maior o bebê, maior também ficará o abdômen da mamãe. Com isso, pra algumas mulheres com pré disposição à flacidez tissular – da pele – e muscular, elas certamente surgirão, tornando a região abdominal diferente em relação à antes da gestação”, fala a fisioterapeuta dermatofuncional Barba Lívia de Oliveira Teixeira, do Zahra Spa & Estética (SP). Além disso, também ocorre o “estiramento” da musculatura e dependendo da quantidade de peso que a mamãe ganhou na gestação, a temida gordura localizada. Para esses casos, de gordura localizada na região abdominal, a profissional
indica uma terapia manual que irá ajudar a recuperar a antiga silhueta.

Solução: massagem Lipolítica ou Celluli Laser Size

A massagem Lipolítica consiste em uma técnica desenvolvida na Rússia que utiliza manobras de deslizamentos profundos, fricções e amassamentos com movimentos intensos e vigorosos. “Massagem realizada em decúbito dorsal (barriga para cima), decúbito ventral (barriga para baixo), decúbito lateral (pessoa deitada de lado) e sentada, com a finalidade de se trabalhar o corpo inteiro”, explica. A massagem beneficia a ativação da circulação sanguínea, melhora da oxigenação e nutrição tecidual, auxília na redução de medidas e modela o contorno corporal. Já para as mamães que são fãs de cremes corporais, a Biotherm, lançou um produto específico para a região abdominal: o Celluli Laser Size. Code, que promove na região ação redutora e firmadora. O preço, em média, é de R$ 189.

“Meus seios ficaram menores do que eram antes da gravidez”

Em alguns casos a glândula mamária se hipertrofia com a produção de leite e após a amamentação e a diminuição de um hormônio chamado prolactina, pode acontecer uma atrofia dessa glândula. Segundo o cirurgião plástico Marcelo Moreira (RJ), a plástica ideal depende de cada caso, já que existem situações em que só a colocação de prótese de silicone é suficiente, outras, apenas com a retirada de pele e, outros casos, os dois procedimentos juntos. Com a plástica correta, os seios voltam a forma e o tamanho de antes.

Solução: mamoplastia de aumento

A inserção de prótese de silicone, sem dúvida, é a melhor opção nesse caso. O implante pode ser colocado sob o tecido mamário ou sob o músculo peitoral, já as vias de acesso para a colocação podem ser através das aréolas, por baixo das mamas ou pela axila. Em relação ao tipo de anestesia, na maioria das vezes, são recomendadas a geral ou local com sedação. A contraindicação são para as mulheres que ainda estão amamentando. O pós-operatório, geralmente, não é doloroso, vai depender da sensibilidade da paciente. A recomendação do repouso é de 15 dias.

“Meu quadril alargou e ganhou gordura localizada”

O quadril tem sua mobilidade articular aumentada, pois seus ossos, unidos por fibrocartilagens, sofrem ação da relaxina (hormônio produzido para afrouxar os ligamentos pévilcos). “O quadril aumenta seu tamanho para ampliar o espaço e abrigar o bebê e facilitar a passagem dele. A gordura localizada aumentada no quadril está relacionada ao peso que a gestante ganhou na gestação”, comenta a fisioterapeuta Thelma Brainer, do Zahra Spa & Estética. Mas se a mulher não quiser optar por tratamentos estéticos, o jeito é partir para a sala de cirurgia e optar pela lipoaspiração.

Solução: massagem modeladora ou lipoaspiração

Massagem realizada em todo o corpo, com as mãos, usando movimentos
intensos, rápidos e repetitivos, que ativam a circulação, trabalhando a gordura localizada e eliminando as toxinas. Esse procedimento uniu técnicas
de massagem manual, massagem com rolo de sucção e cosméticos redutores,
que auxiliam na firmeza e na mobilização lipídica. São recomendadas
entre oito e dez sessões. Já a lipoaspiração, é indicada caso a pessoa
tenha um grande acúmulo de gordura localizada, porém, algumas regras devem ser respeitadas antes de se submeter ao bisturi. Só é permitido fazer a
cirurgia após um ano do nascimento da criança. A lipoaspiração consiste na
introdução de uma cânula que aspira quantidades de gordura. O tempo de
recuperação varia de 15 dias a um mês. Já a anestesia pode ser local com
sedação, geral ou peridural. O uso de cinta elástica nos primeiros meses é
indispensável, assim como drenagens linfáticas.

Leia a matéria completa na Plástica & Beleza n° 125