Sobrancelha famosas
Sobrancelha das famosas
25 de Abril de 2016
Queime as gordurinhas
29 de Abril de 2016

Chamado também de milho-zaburro aqui no Brasil, o grão de sorgo tem boas doses de antioxidantes, substâncias que ajudam a brecar o envelhecimento das células, por esse motivo vem recebendo uma atenção especial na área de saúde e estética, além de ser muito útil em dietas restritivas ao glúten.

grao de sorgo

Grão de sorgo branco. Cereal não contém glúten!

Ocupando o quinto lugar do cereal mais produzido no mundo, antecedido pelo trigo, o arroz, o milho e a cevada, o sorgo é rico em fibras, ainda combate a prisão de ventre, reduz o colesterol e controla a glicemia. Entre os principais fito químicos presentes nesse cereal, destacam-se as antocianinas, isoflavonas e taninos, também, apresenta boa quantidade de vitaminas, principalmente as lipossolúveis e do complexo B, também contém minerais como ferro, fósforo, potássio, magnésio e zinco.

Apresenta uma boa digestibilidade e é rico em compostos fenícios como os Flavonoides, sendo importante ressaltar que a composição nutricional do grão de sorgo pode variar dependendo do solo onde é cultivado. Mas pode-se ter uma media dos níveis de nutrientes: proteína-13,19%, carboidrato-70% e fibra bruta-4%, explica a Dra. Alyne Santim, nutricionista da Clínica Liliane Oppermann.

Do seu valor de carboidratos, 6% representam o conteúdo de fibras, por isso apresenta grandes benefícios para saúde intestinal, redução de colesterol, menor incidência de câncer de cólon, controle da glicemia, entre outros. Estudos já arriscam dizer que o sorgo é capaz de contribuir no controle de algumas doenças como a diabetes, pois colabora no controle dos níveis glicêmicos. Da mesma forma, o produto é aconselhado por sua importante ação no ajuste das taxas de colesterol no metabolismo.

Segundo a doutora, o carboidrato do grão de sorgo é basicamente amido, e sua composição numa forma geral é semelhante ao milho. O sorgo pode substituir o grão de milho, pois são muito próximos em textura, palatabilidade e nutrientes.

A chef funcional Lidiane Barbosa, que é uma referência nacional em gastronomia funcional, responsável por, em apenas dois anos, fazer mais de dez restaurantes saudáveis, trocou o milho pelo sorgo, e nos apresentou uma pipoca ainda mais nutritiva.

Ao ressaltar que a alimentação funcional vai muito além, de uma a comida sem glúten, sem leite, sem soja, a chef Lidiane tem trabalhado com substituições que agregam saúde e sabor por meio da procura dos melhores ingredientes, da combinação correta dos alimentos, incluindo as formas de cocção e técnicas dietéticas corretas e foi o que ela fez.

O plantio do sorgo é muito comum nas regiões de Goiás e Minas Gerais, e mesmo conhecido por aqui como milho-zaburro, o sorgo é de origem africana, mas há evidências de uma segunda área de dispersão na Índia, um dos principais produtores deste cereal. Em Moçambique, constitui um dos alimentos básicos da população.