Adeus, gordurinhas
3 de abril de 2013
Troque o seu batom
9 de abril de 2013
Mostrar Todos

Light ou diet: qual a melhor opção?

Por Andressa D’Amato 

Cada vez mais comuns nas prateleiras dos supermercados, os produtos lights e diets causam, ainda, muita confusão entre os consumidores. De acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), alimentos lights – ou que apresentam termos como “reduzido” e “menor teor de” – são aqueles que possuem quantidade reduzida em, no mínimo, 25% de um determinado nutriente em comparação à versão original do mesmo alimento, como carboidratos, proteínas, gorduras ou sódio.

Já os produtos diets ou “isentos de”, referem-se aos alimentos livres de certos nutrientes. Estes, inclusive, são ideais para pessoas que necessitam seguir uma alimentação diferenciada, como no caso dos portadores de diabetes ou de doença celíaca (intolerância a glúten), alimentos para dietas de ingestão controlada de açúcares ou, também, para alimentos exclusivamente empregados para controle de peso.

Mas, vale ressaltar que nem sempre os alimentos com esses termos são mais saudáveis do que os convencionais, uma vez que por conter menos determinado nutriente, pode sobrecarregar em outro, como gorduras. Portanto, é importante ficar atenta à tabela nutricional do produto e, é claro, antes de substituir os alimentos, procurar orientação médica, já que nem sempre o que funciona para um, será benéfico para o outro.

Sucesso em delivery online
E, para quem pensa que os sites de delivery online não oferecem opções lights e diets, se engana. “Restaurantes naturais ou com opções vegetarianas são muito bem aceitos no site”, comenta Bruno Mengatti, CEO do Jánamesa. Segundo o empresário, entre os pratos mais pedidos pelos internautas e que merecem destaque estão o nhoque de abóbora, crepe de quinua e estrogonofe light. Alguém duvida que restaurantes com opções mais magrinhas não merecem atenção?

Serviço
www.janamesa.com.br