cabelo
Receitas para fios lindos
13 de Maio de 2016
agua
Boca seca? Nunca mais!
17 de Maio de 2016
Mostrar Todos

Alimentos que curam

frutas

Certamente você já ouviu que sua alimentação reflete (e muito!) no nosso bem estar. Confira abaixo alguns alimentos que, além de fornecerem energia e nutrientes para o organismo, possuem propriedades terapêuticas e amenizam vários problemas de saúde

 

Por Malu Bonetto

Laranja contra cólica menstrual
Rica em vitamina B1, é ótima aliada para esse tipo de dor. Além disso, tem ação diurética e fibras que ajudam no funcionamento do organismo, auxiliando no combate ao inchaço e incomodo. A nutróloga Liliane Oppermann (SP) comenta que a parte branca da casca da laranja também pode ser consumida, pois é rica bioflavonóides que ajudam a prevenir as hemorragias menstruais.

Fuja do colesterol alto com pequi
Por ter uma quantidade expressiva de gordura monossaturada, ajuda na redução de doenças como colesterol e hipertensão. A fruta possui boa quantidade de zinco e vitamina C, que juntos quebram os radicais livres do organismo. Além disso, a vitamina A do pequi também é uma poderosa aliada para melhorar a elasticidade da pele, melhorar a visão, a resistência dos ossos e o bom funcionamento do intestino.

Limão contra pedras nos rins
O limão é um alimento que contem citrato mineral, conhecido por dificultar a formação de cálculos renais. “O citrato é responsável por diminuir a acidez na urina, o que impede a formação das pedras nos ruins. Além disso, o sumo de limão também ajuda a aumentar a quantidade de urina no corpo”, complementa Liliane.

Controle a sinusite e rinite com cebola
A cebola tem alto teor de enxofre e ação antibacteriana. Além disso, o cataplasma dela reduz as dores e a congestão nasal. Para usá-la como “remédio”, basta inalar o aroma da cebola fresca para limpar as narinas.

Fim da dor nas costas com gengibre
O gengibre é um alimento conhecido por ter efeito analgésico para dor nas costas e outros tipos de incômodo, como cãibras e dor de cabeça. “Para quem pratica atividade física, especialmente os atletas, a ingestão dele é ainda mais importante, pois tem o efeito de reduzir a dor muscular”, aconselha Liliane. Além de combater as dores nas costas, ele também tem sido apontado em pesquisas como aliado para tratar outros tipos de dores e desconfortos, como as cólicas menstruais, por exemplo. Seu efeito analgésico pode, ainda, combater dores de cabeça, cãibras e aquelas que são consequência da artrite reumatoide.