Sorria mais!
25 de julho de 2012
Sapatos podem causar danos à saúde
27 de julho de 2012
Mostrar Todos

Inverno exige cuidado com alimentação

Muita água e alimentos ricos em vitaminas são essenciais para manter a saúde em dia

No inverno o nosso organismo tende a produzir mais calor para aquecer os órgãos internos, como o coração e pulmão, e concentra grande quantidade de sangue próximo a eles, o que deixa nossas extremidades mais frias, a exemplo das mãos e dos pés. Para que ocorra esse aquecimento, acabamos por consumir mais calorias do que no verão.

Para auxiliar este aumento da temperatura, o organismo também provoca um aumento no apetite. De acordo com a nutricionista Dagmárcia Tumeo, para repor a energia gasta o nosso corpo “pede” comida, afinal ela é nossa primeira fonte de energia. “A fonte de energia mais rápida para o nosso corpo vem dos carboidratos como as massas, pães, bolos, torradas, arroz, e também dos doces. Nessa época do ano é comum os pratos se tornarem mais calóricos. Por isso, no inverno, sentimos aquela vontade incontrolável de tomar algo quente para aquecer o corpo, como um chá, mas logo o associamos às torradas, pães ou bolachas, o que propicia a calorias a mais”, destaca.

Com as doenças típicas da época, a alimentação saudável, rica em alimentos fontes de vitaminas, minerais e substâncias antioxidantes, fortalece o sistema imunológico e cria defesas orgânicas para combater o vírus. “Assim, a dica é adotar uma dieta equilibrada e variada, baseada em frutas, vegetais folhosos, legumes, grãos integrais (cereais e leguminosas), carnes magras, peixes e aves sem pele, ovos, leite e derivados, de preferência com pouca gordura”, ressalta a doutora.

As frutas cítricas são grandes portadores de vitamina C e ajudam no combate ao vírus do resfriado. A laranja, a tangerina, o limão, a acerola e o caju, por exemplo, ajudam a ter um organismo resistente. ”Outra dica importante é beber bastante líquido, desde leite quente (preferir o desnatado), café e água. Chás também contribuem para aquecer o corpo, como o de hortelã, o de gengibre e o de erva cidreira, que nos mantêm hidratados e dão a sensação de aquecimento”, completa Dagmárcia.

Quanto às crianças, os alimentos que não podem faltar na alimentação infantil durante o período de frio são os líquidos, como água, sucos de frutas naturais, água de coco e chás. Outra opção para aquecer são as sopas, preparadas com diversos legumes e verduras. Como são ricas em vitaminas e minerais, auxiliam na manutenção do sistema imunológico. Ela ainda lembra que é fundamental manter a alimentação a cada três horas. Praticar uma atividade física regular (mínimo três vezes na semana) faz aumentar o gasto metabólico basal, que auxilia na redução de peso, assim como do estresse, além da melhorar o humor.