Alimentos que vão turbinar sua dieta e te ajudar a entrar em forma para o verão
4 de dezembro de 2017
Bebidas zero açúcar para brindar o verão
6 de dezembro de 2017
Mostrar Todos

Você sabe o que é mamiloplastia? A gente explica!

Quando falamos em feminilidade, os seios merecem destaque, tanto que, nós, mulheres, sempre damos aquela conferida no decote antes de sair de casa. E claro, os mamilos também fazem parte da beleza dos seios. Porém, muito mais do que uma questão estética, quando invertidos, os mamilos tendem a ser um delicado obstáculo na vida da mulher, principalmente durante o processo de amamentação. O Dr. Flávio Garcia, diretor clínico da Dream Plastic (SP), explica mais sobre o tema

 

Primeiramente, vamos conhecer bem cada parte dos seios, pois muita gente tem dúvida sobre o que é mamilo e, às vezes, até o confunde com a aréola. Mamilo é o bico do peito e, ao redor dele, há uma pequena área circular chamada de aréola. Quando o bico do peito não difere muito em relação à aréola, além de não se projetar facilmente para fora quando estimulado, o chamamos de mamilo invertido. Muitas mulheres ficam constrangidas por julgarem seu bico do peito grande demais e isso gera um desconforto, pois mesmo com o uso de sutiã, os mamilos grandes ficam aparentes e chamam atenção. Algumas acabam usando esparadrapo ou band-aid para pressioná-los, tornando-os menos evidentes. Para resolver esta situação é possível realizar uma cirurgia de redução de mamilo, que não interfere na capacidade de amamentar ou na sensibilidade da região, esse procedimento é chamado de mamiloplastia.

Por que o bico do peito fica invertido?
Muitas vezes, isso pode acontecer porque há um encurtamento dos ductos lactíferos, ou seja, dos canais responsáveis pelo transporte do leite materno. Porém, a principal causa é uma má formação congênita, que surge no seu nascimento ou ainda no período de gestação e acompanha a pessoa ao longo de sua vida. Apesar de ser algo raro, o mamilo invertido também pode decorrer de algum processo inflamatório, comum em diabéticos e tabagistas, e até câncer de mama, dependendo da localização do nódulo.

Qual a solução?
Apesar de parecer algo difícil de ser resolvido, os mamilos invertidos podem ser facilmente corrigidos em poucos minutos. A cirurgia é feita em ambiente hospitalar e com anestesia local. Para quem optar por corrigir o bico do seio invertido e aproveitar para colocar próteses de silicone, ou reduzir as mamas, a cirurgia dura em média uma hora e a anestesia usada é a local com sedação ou a peridural.

Assim como há vários tipos de seios, há diferentes tipos de aréolas e mamilos 

Normal ou protruso: bico proeminente, levemente projetado e endurece facilmente com pequenos estímulos ou baixas temperaturas.
Plano: não fica nem para fora, nem para dentro. Permanece no mesmo nível da aréola e exige estímulos moderados para se sobressair.
Invertido: voltado para dentro e, em alguns casos, mesmo com estímulos mais intensos, eles permanecem retraídos.

Saiba mais em www.plasticadosonho.com.br/blog/mamilo-invertido/