Gata californiana
20 de outubro de 2010
Corpo de manequim
21 de outubro de 2010
Mostrar Todos

Você pode ter um corpo assim!

Pergunte para qualquer mulher que tipo de corpo é o mais desejado por elas e a resposta será a mesma. A barriga tem de estar chapadérrima, as curvas prá lá de sinuosas, os seios volumosos na medida exata e o bumbum durinho (e arrebitado, é claro!). Ou seja, um visual igualzinho ao da foto ao lado ! Veja como tornar esse sonho em realidade

Por Cibele Carbone e Malu Bonetto

Quando dizem que as mulheres nunca estão satisfeitas com o próprio visual, estão fazendo uma grande injustiça. A gente estaria sim satisfeita se o tal visual estivesse exatamente como desejamos: sequinho e com as curvas no lugar certo. Para chegar nesse objetivo, não medimos esforços mesmo – fazemos dieta, exercícios físicos, vários tratamentos estéticos… O problema é quando, mesmo levando uma vida regrada e com alimentação balanceada, nosso organismo não responde a tanto esforço. “Algumas mulheres tendem a acumular gordura em certas partes da silhueta, como nos culotes, que são muito difíceis de serem eliminadas apenas com dieta e ginástica localizada. Nesses casos, o mais recomendado é contar com a ajuda de técnicas que agem diretamente sobre o depósito de adiposidade, como a lipoaspiração”, esclarece o cirurgião plástico Rodrigo Otávio Carbone (SP). Mas o especialista faz um alerta: “As mulheres não podem ficar neuróticas com o próprio visual ao ponto da busca pela estética perfeita chegar a interferir na sua vida social, fazendo com que ela deixe de sair com os amigos, por exemplo, para não correr o risco de sair da dieta. Além disso, é importantíssimo ter em mente que nem toda mulher tem biótipo para conseguir um corpo igual ao da Gisele Bündchen. Todo corpo tem seu limite natural e precisamos respeitá-lo.”
Ciente de que para tudo nesta vida existe uma margem de segurança para ser respeitada, corra para frente do espelho e faça novamente uma fria (e real!) análise do seu corpo. Será que os seios precisam ser maiores mesmo? O bumbum está realmente um pouco caído? Existe de fato mais gordurinha do que você gostaria na sua silhueta? Se a resposta for positiva, saiba que você pode resolver esses probleminhas estéticos com a ajuda da cirurgia plástica. Confira na página seguinte a técnica mais indicada para conquistar as características corporais mais desejadas pelas mulheres

Seios turbinados > mamoplastia de aumento
O que é: ideal para aumentar o volume das mamas, essa cirurgia pode ser realizada sob anestesia geral ou local com sedação. “Após a infiltração local com anestésicos e vasoconstritores, a incisão é feita na região periareolar (região ao redor da aréola, mais exatamente na junção entre a pele mais escura desta e da mais clara do resto do tórax), submamária (nível do sulco na parte inferior da mama) ou axilar (na região das axilas) por onde são colocados os implantes na frente ou atrás do músculo, para depois a região ser suturada”, explica a cirurgiã plástica Keila Silva da Silva (RJ).
Prós: excelente resultado estético com pequena incisão e rápida recuperação.
Contras: a presença de um “corpo estranho” no seu corpo requer um período de adaptação.
Cuidados pós-operatórios: é obrigatório o uso de sutiã cirúrgico por 30 a 60 dias, afastamento das atividades rotineiras por dez dias e da ginástica por 30 a 60 dias.
Resultado: quase que imediatamente, mas as mamas só desincham após 90 dias.

Corpo sem gorduras > lipoabdominoplastia
O que é: indicada para quem tem gordura localizada e flacidez na região da cintura e abdômen. Essa técnica combina lipoaspiração e abdominoplastia em um mesmo procedimento. Realizada sob anestesia peridural ou ráqui, a cirurgia começa com a assepsia local e marcação da região a ser lipoaspirada e, em seguida, é infiltrado um líquido vasoconstritor para diminuir o sangramento local. “A região dos flancos e o abdômen acima do umbigo são lipoaspirados, depois ocorre a remoção do excesso da pele e gordura através de corte com bisturi elétrico, descolamento da pele, sutura ou aproximação dos músculos retos abdominais e finalmente a confecção do novo umbigo”, explica o cirurgião plástico Helio Caprio (RJ).
Prós: a região abdominal, flancos e dorso ficará completamente remodelada.
Contras: como a cirurgia gera uma cicatriz abdominal bastante extensa (no mesmo local onde é feita a incisão da cesárea) é preciso ter certeza se quer ou não se submeter ao procedimento.
Cuidados pós-operatório: período de recuperação de 15 dias, necessidade do uso de cinta modeladora por um mês e afastamento das atividades rotineiras por dez dias e da ginástica por um ou dois meses.
Resultado: a partir da primeira semana já é possível perceber uma redução na flacidez, correção do tônus muscular e melhora do contorno corporal. Mas o resultado final aparece após seis meses.

Bumbum empinado > Back shape
O que é: procedimento para quem tem gordurinha localizada nos flancos e outras regiões próximas às nadegas associada com pouca projeção dos glúteos. “Após anestesia peridural ou geral, os flancos e a região sacral (zona dorsal abaixo da coluna lombar entre os glúteos) são lipoaspirados. E a própria gordura retirada, juntamente com gordura de outras regiões, caso aquela inicial não seja suficiente, é injetada nos glúteos para aumentá-los e em seguida a região é suturada”, explica Helio Caprio (RJ).
Prós: procedimento relativamente simples, de baixo risco e com recuperação rápida.
Contras: não é indicado para grandes deficiências da região glútea associada ou não a flacidez.
Cuidados pós-operatórios: uso de cinta elástica por 30 a 60 dias. Também recomenda-se cerca de dez sessões de drenagem linfática, sendo duas vezes por semana.
Resultado: entre 60 e 90 dias a região desincha e o resultado é visível, mas o definitivo é após seis meses

Cuidados no pós-operatório: a chave do sucesso

Para quem fez…
Aumento de mamas

• Não levantar peso
• Evitar levantar os braços por, no mínimo, 30 dias
• Não dirigir por 40 dias
• Não lavar o cabelo sozinha por esse mesmo período
• Dormir de barriga para cima
• Fazer massagem no banho

Para quem fez…
Cirurgia de barriga e lipo

• Não fumar!!!
• Andar curvada na primeira semana para não comprometer a cicatriz
• Evitar atividades físicas
• Fazer drenagem linfática
• Dormir com tronco e pernas ligeiramente levantados

Para quem fez…
Plástica no bumbum

• Sentar-se apenas sobre as laterais das coxas
• Não andar de bicicleta
• Usar cinta compressiva
• Dormir de bruços ou de lado por cerca de 30 dias
• Realizar drenagem linfática e massagens no banho