Dieta do chá: perca 10 kg em um mês!
3 de janeiro de 2013
Visual Gelatina? Tô, fora!
10 de janeiro de 2013

Muitas pessoas acabam se programando para encarar o bisturi nas férias, por isso é comum surgirem dúvidas se esta é ou não a melhor época para dar um retoque no visual. A resposta é simples: a melhor época é aquela em que você conseguirá se dedicar integralmente às recomendações médicas, antes e depois da plástica. Confira abaixo quais os cuidados que deverá ter nessas fases

Por Malu Bonetto

Antes do grande dia

Líquidos, sim!

Ingira bebidas ricas em nutrientes como a água natural (rica sais minerais), água de coco (potássio) e sucos naturais (rico em vitaminas). “Eles permitem um maior fluxo de nutrientes a todas as células e aumentam a irrigação do tecido cutâneo, dando mais brilho à pele e deixando-a mais preparada para a cirurgia”, explica o cirurgião plástico Marcelo Moreira (RJ). Mas lembre-se que antes da cirurgia é preciso manter o jejum durante oito horas, portanto é preciso perguntar ao seu médico se durante este tempo líquidos estão liberados.

Limpeza caprichada

Claro que no verão você transpira mais e acaba tomando mais banhos. E não será diferente antes da cirurgia plástica. Uma semana antes da intervenção, passe a tomar banho duas ou três vezes por dia, com sabonete antisséptico e escova macia em todo o corpo, pois segundo o cirurgião plástico Marcelo Moreira, no calor os cuidados com a higiene devem ser redobrados para evitar possíveis infecções.

Proteínas no cardápio

Se você vai se submeter a uma cirurgia plástica é importante consumi-la com frequência para auxiliar na cicatrização. A proteína da clara do ovo, carnes, peixes ajudam na reconstrução dos tecidos.

Esconda-se do sol

Você esperou o ano inteiro para poder conquistar o tão sonhado bronzeado de verão, mas se optou por encarar o bisturi nesta época do ano não vá se expor ao sol sem a proteção adequada e nos horários corretos. “A pele queimada (e não bronzeada) pode ter menos resistência no pós-operatório e comprometer a cicatrização e resultado”, alerta a cirurgiã plástica Ana Paula Polato Guiné (SP)

Pele saudável é pele hidratada

Procure hidratar a região que será operada, com cremes hidratantes à base das vitaminas A e E, antes de dormir, pelo menos uma semana antes da cirurgia. Esses produtos repõem o manto hidrolipídico, importante para que a pele esteja saudável no momento da cirurgia.

Depois do grande dia

Atenção com o primeiro banho

“É comum sentir tonturas no primeiro dia após a cirurgia por causa da queda da pressão ou medicamentos usados na anestesia, portanto é importantíssimo ter alguém por perto e um banquinho para sentar durante o banho”, diz a cirurgiã plástica Ana Paula Polato Guiné. Durante o verão, a tontura tende a ser maior, já que o calor também provoca esse incômodo.

Fique em lugares arejados

Já que o uso das cintas cirúrgicas é obrigatório (e o calor, inevitável), procure ficar em ambientes arejados, opte pelas malhas menos espessas, dando preferência àquelas produzidas predominantemente de algodão e, caso o repouso seja em casa, fique somente de cinta, e nada mais – quando for preciso se vestir, opte por roupas levinhas e vaporosas. E não se esqueça de trocar a cinta sempre que tiver suada – daí a necessidade de ter três peças à disposição. Se precisar sair, tente se programar para que seja antes das dez horas da manhã ou depois das quatro horas da tarde – e ainda assim, sem deixar de passar o protetor solar.

Abuse dos líquidos

No pós-operatório a hidratação é essencial, principalmente se a cirurgia foi feita no verão. O organismo operado desidrata mais rapidamente e deve-se estar atento à reposição dos líquidos. A hidratação deve ser feita preferencialmente com água, mas também pode-se usar isotônicos, chás, sucos naturais, água de coco. O refrigerante e bebidas gaseificadas não são recomendados, pois aumentam os gases e causam desconforto abdominal.

Drenagem linfática amiga

As sessões de drenagens linfáticas são importantes para aliviar o inchaço e diminuir as equimoses típicas do pós-operatório. Por isso, é recomendado começá-las logo na primeira semana de pós-operatório, se possível, a cada dois dias. “No calor, a retenção de líquido é maior então este procedimento ajuda a eliminar as toxinas”, diz o cirurgião plástico Marcelo Moreira.

Lençóis de algodão

Para dormir, dê preferência a lençóis de algodão, que não esquentam o corpo e evitam irritações na pele.

Curativos: cuidados redobrados

Eles devem ser realizados conforme as instruções do seu médico. As cicatrizes devem ser lavadas com água e espuma de sabonete neutro. “No verão, como suamos mais, é provável que o curativo tenha de ser trocado mais vezes para manter a cicatriz sempre seca”, diz Dra Ana Paula Polato Guiné. O ideal é conversar sobre isto com seu cirurgião plástico, ok!

Guarda roupa pós-operatório

No verão é praticamente impossível não transpirar. O ideal é ter mais de uma cinta ou sutiã pós-cirúrgico. para alterná-los, colocando-os para lavar e secar pelo tempo necessário. Só volte a usá-los quando tiverem bem secos, para não oferecem risco de infecção.

Dois banhos ao dia

Nos primeiros 15 dias de pós-cirúrgico, tome banho pela manhã e pela noite para melhorar a sensação térmica. Evite esfregar ou coçar a área operada e seque bem o curativo.

Fuja do calor

Evite ficar perto de qualquer fonte de calor local, como forno e fogão, para facilitar o desaparecimento das equimoses e do inchaço. Esse calor pode aumentar o edema, prolongando o pós-operatório.

Cafeína gelada

Beba mate e chás gelados à base de cafeína. Além de refrescar, eles são diuréticos e vão ajudar a diminuir o edema pós-operatório.

Bloqueador com cor

Faça uso de bloqueadores que encobrem qualquer mancha, inclusive as equimoses pós-operatórias, e ainda oferecem proteção solar. Esses produtos possuem substâncias emolientes, hidratantes e ricas em varredores de radicais livres. Os bloqueadores com cor facilitam a retomada das atividades do dia a dia porque ao mesmo tempo camuflam as manchas, tratam a pele.