00
Pílulas da beleza
20 de outubro de 2010
00
Você pode ter um corpo assim!
20 de outubro de 2010
Mostrar Todos

Gata californiana

00

Quem não se lembra da Pamela Anderson nas areias da Califórnia, exibindo um generoso decote no maiô vermelho no seriado Baywatch, exibido na década de 90. Desde então, esse tem sido o look mais cobiçado por quem quer um visual sexy. Descubra agora como garantir um visual igual ao das garotas Baywatch

Por Malu Bonetto


Seios turbinados

Prótese de silicone
O que é: sob anestesia local com sedação, peridual ou geral, são feitas incisões inframamária (embaixo das mamas), axilar (nas dobras da axila) ou areolar (ao redor da aréola) por onde são colocadas as próteses de silicone. Elas podem ser posicionadas debaixo da glândula mamária ou sob o músculo peitoral. Após o posicionamento do implante, o local é suturado com fios absorvíveis e cola cirúrgica.
Pós-operatório: há inchaço e possíveis manchas roxas na região, mas são reações normais que regridem com o tempo. A paciente precisa evitar movimentos bruscos com os braços e dormir sobre as mamas nos primeiros 45 dias. Para permitir uma cicatrização perfeita dos tecidos e acelerar a reabsorção dos edemas e hematomas, a paciente sairá da cirurgia utilizando um sutiã cirúrgico, que deve ser utilizado por um mês.
Resultado: após três meses as mamas desincham e o resultado já está próximo do final, que acontece de seis meses a um ano.

Técnica do Jaquetão
O que é: essa técnica é indicada para quem tem as mamas volumosas, mas sofre com a ptose (flacidez). Após a anestesia peridural ou local com sedação, o cirurgião faz uma incisão em forma de T invertido na parte inferior da mama através da qual faz o descolamento da pele. A glândula e os tecidos mamários são, então, divididos em duas partes para serem cruzados (a parte da direita vai para a esquerda e vice-versa), como se fossem braços cruzados, e presos na costela com fios de sutura. O posicionamento dos tecidos em “x” é o que garante o suporte das mamas. O resultado são seios mais firmes e com um contorno mais bonito.
Pós-operatório: nas primeiras 48 horas, é recomendado permanecer deitada e levantar somente quando necessário. Um curativo de micropore é colocado ao redor da mama por 20 dias e o sutiã de sustentação deve ser usado por 45 dias. Depois de uma semana já é possível voltar às atividades normais, mas sem abusos.
Resultado: após três meses as mamas desincham e o resultado já está próximo do final, que acontece de seis meses até um ano.

Lábios carnudos

Preenchimento com ácido hialurônico
O que é: procedimento feito sob anestesia local no qual a substância é aplicada com uma agulha bem fina. Além de preencher os vincos, atrai as moléculas de água e induz a formação do próprio colágeno da paciente, o que melhora a hidratação e a sustentação da pele. “Antes da aplicação, é importante fazer uma avaliação precisa da mordida do paciente, da história anterior de herpes labial, avaliação da gengiva em repouso e sorriso, presença de assimetria e presença de cicatrizes”, explica o cirurgião plástico Sergio Miguel da Silva Ribeiro, da Clínica Espaço Abertto (SP).
Cuidados pós-procedimento: apesar de já poder retornar às atividades normais no dia seguinte, é aconselhável evitar exposição ao sol nos dois primeiros dias.
Resultados: é notado quase que imediatamente e permanece, dependendo do produto utilizado, de 12 a 24 meses.

Preenchimento com gordura
O que é: indicado quando foi retirada gordura de outra região do corpo (através de outra cirurgia), é realizado sob anestesia local ou pomada anestésica. “A gordura retirada é centrifugada para ficar pura e bem consistente para ser injetada através de microcânulas”, explica o cirurgião plástico Guilherme Bussade (RJ).
Cuidados pós-procedimento: apesar de já poder retornar às atividades normais no dia seguinte, é aconselhável que a paciente evite exposição ao sol nos dois primeiros dias.
Resultados: o resultado é notado imediatamente, mas como com o passar do tempo a gordura é absorvida pelo organismo então o resultado dura em média de seis a oito meses.

Pernas de arrasar

Lipoaspiração circunferencial
O que é: realizada com cânula tradicional, difere-se da lipoaspiração convencional porque lipoaspira todas as faces em movimentos de ascendentes e descendentes de vai e vem, o que permite diminuir a grossura. O procedimento é realizado através de incisões na virilha e nas partes interna e externa dos joelhos.
Pós-operatório: a paciente precisa usar cinta modeladora por 30 dias, tempo necessário também para retomar as atividades físicas. É indicado fazer sessões de drenagem linfática, pois ajudam a desinchar e aceleram a recuperação.
Resultados: as coxas ficam mais finas e harmoniosas em relação ao corpo e o resultado final é notado após três a seis meses, quando o inchaço regride totalmente.

Lifting de coxas
O que é: sob anestesia peridural ou local, é feita uma incisão em forma de meia-lua na raiz das coxas (na região da virilha), o profissional puxa a pele para cima e para trás. O tecido excedente é retirado e o restante, reposicionado. A cicatriz é grande, mas fica escondida e disfarçada na dobra da virilha.
Pós-operatório: é indicado repouso por 15 dias e usar cinta cirúrgica por um mês. A paciente é liberada para retomar as atividades normais em dez dias e após dois meses para atividades físicas.
Resultados: as pernas ficam mais firmes e torneadas, mas o efeito definitivo é alcançado após seis meses.


Corpo bronzeado
Autobronzeadores: Ao serem espalhados pela pele, provocam a pigmentação da camada mais externa e produzem uma coloração semelhante ao bronzeamento. Para não correr o risco de o resultado ficar artificial, a dermatologista Renata Domingues (RJ) recomenda fazer um teste com o autobronzeador em uma pequena parte do corpo antes de usá-lo e, se gostar do resultado, espalhar o produto de maneira uniforme em intervalos de dois a cinco
dias. “Se for aplicá-lo na face, opte por fórmulas livres de óleo (oil free) para evitar o surgimento de cravos e espinhas”.
Bronzeamento a jato: pulverização de uma solução à base de DHA (dihidroxiacetona) que gera um pigmento microscópico (melanoidina) que, a olho nu, causa o efeito bronzeado na pele.

Nem pense nas câmaras de bronzeamento!
“As lâmpadas estimulam a produção de melanina, acelerando o bronzeamento. Dos raios emitidos, 95% são do tipo A (UVA) e só 5% do B (UVB). “Os sinais da doença podem não aparecer imediatamente, mas os efeitos nocivos dos raios são cumulativos e, de cinco a dez anos depois, o usuário da câmara tem grande chance de ver o resultado na pele”, alerta Renata.

California Dreaming
Atenção às dicas de consultora de estilo Milla Mathias (SP) para você arrasar no estilo californiana de ser!
Chapéu > opte por modelos de algodão ou de palha, e use-os somente ao ar livre. Uma boa dica é customizá-los com faixas de tecido, penas ou flores.
Short jeans > independente da lavagem, eles pedem pernas em ordem, mas atenção ao comprimento.
Brincos dourados > por serem mais esportivos, combinam melhor com roupas mais informais.
Maiô > pode ser usado no lugar do biquíni, com uma bela canga ou até mesmo uma bermuda.
Fios loiros > você pode optar pelas madeixas 100% loiras ou apenas luzes, veja o que combina com sua pele e estilo.