Letícia Datena: Musa dos esportes
24 de agosto de 2015
Projeto seios PP
16 de outubro de 2015
Mostrar Todos

Bumbum de Hollywood

Kim Kardashian

A diva americana Kim Kardashian tem chamado atenção das fashionistas por causa dos modelitos ousados que destacam seu derrière. Mas para aderir à moda, é essencial ter um bumbum à altura dessa musa

As curvas (sim!) nunca foram tão reverenciadas no universo da moda como atualmente. Em um setor onde o ideal são corpos sequinhos e nada sinuosos, isso é de se espantar. Mas as responsáveis por essas mudanças são as curvilíneas Jennifer Lopez, Beyoncé e, mais recentemente, Kim Kardashian, donas de silhuetas que são o alvo de desejo de boa parte das brasileiras e que apareceram recentemente exibindo o corpão – ou melhor, o bumbum – a bordo de vestidos repletos de rendas, fendas e transparências em premiações mundiais.

“Essas famosas têm um formato de corpo bem parecido com o que as brasileiras gostam: cinturinha fina e bumbum proeminente”, comenta o cirurgião plástico Rodrigo Otávio Carbone (SP). Mas o que tem chamado mesmo a atenção da ala feminina não é o conjunto da obra, mas sim o tamanho e formato do bumbum dessas moçoilas. Se você deseja ter um bumbum semelhante ao delas, saiba que – antes de qualquer coisa – é preciso estar dentro do seu peso ideal e investir pesado na malhação para que a musculatura dos glúteos fique bem fortalecida. Mas, se mesmo assim ainda não estiver feliz com o tamanho e formato dos glúteos, saiba que a cirurgia plástica e a medicina estética oferecem técnicas específicas para esse caso. Confira!

Por: Cibele Carbone
Fotos: Divulgação C&A

Implante de silicone no bumbum

O que é?
“Cirurgia plástica indicada para pessoas que querem melhorar o contorno da região glútea, aumentando, melhorando sua forma e/ou dando o preenchimento necessário”, explica o cirurgião plástico Acrysio Peixoto (RJ).
Como é feita? O cirurgião plástico faz uma pequena incisão, de aproximadamente 7 cm, no sulco interglúteo (aquela parte que divide o bumbum) e tendo acesso ao músculo glúteo máximo. “Posicionamos a prótese dentro do músculo, dando um aspecto natural ao resultado da cirurgia”, diz o Dr. Acrysio. Após o posicionamento correto das próteses, o médico fecha a incisão, resultando em uma cicatriz bem discreta.

Qual o tipo de anestesia?

Pode ser realizada sob o efeito de anestesia geral, peridural ou raquianestesia.

Como é o pós-operatório?
Os principais cuidados durante o primeiro mês após a cirurgia são usar cinta compressiva, evitar esforços físicos, dormir de bruços e ter bastante cuidado ao sentar, evitando impacto com o local.

A recuperação é dolorida?
Sim, ela é dolorosa e requer repouso e colaboração da paciente. Porém, a dor é facilmente controlada com a ajuda de analgésicos e relaxantes musculares. Durante este período, é preciso ficar de repouso relativo na primeira semana após a
cirurgia. Também é indicado, durante 30 dias, dormir de bruços ou de barriga para cima sobre almofadas na região da coxa e lombar para não pressionar a prótese glútea sobre o colchão.

Quais os prós e contras da cirurgia?
Entre as principais vantagens estão o aumento do volume, a melhora da flacidez e a melhora do contorno glúteo. Já como desvantagem, podemos citar o tempo de recuperação – são, ao menos, duas semanas afastada das atividades totais.

Qual o resultado?
Após dois meses da cirurgia, que é o tempo que o corpo precisa para diminuir o edema, já é possível visualizar o resultado do implante.

Kim Kardashian

PUMP UP

O que é?
Tratamento estético que ajuda a empinar o bumbum com a ajuda da vacuoterapia e tem efeito temporário.

Como é feita?
Primeiro, a paciente recebe uma sessão de radiofrequência para ativar o colágeno e a elastina das regiões dos glúteos, deixando a pele mais firme. “Depois disso, é preciso passar 30 minutos com ventosas presas às nádegas, que sugam e soltam o músculo, tanto no ritmo contínuo quanto no pulsado. O uso das ventosas estimula a região, modelando o glúteo. Isso, além de ajudar a empinar o bumbum, também tem um efeito forte sob celulites mais severas. Após terminar a primeira sessão, já é possível observar os primeiros resultados, com a região mais empinada e enrijecida. De acordo com estudos científicos, cada 30 minutos de vacuoterapia equivale a mil repetições de exercícios localizados”, explica
a esteticista Vanessa Machado (SP).

Quantas sessões são necessárias?
Geralmente, são indicadas dez sessões, sendo que cada uma delas deve ser feita em dias alternados.

Quais os prós e contras?
A vantagem é o aumento do bumbum sem a necessidade de se submeter a uma técnica invasiva. O procedimento é contraindicado para gestantes, pessoas com problemas circulatórios e por quem tem silicone ou hidrogel no bumbum.
Sua aplicação pode ser um pouco dolorosa para quem tem celulite em grau avançado.

Quanto tempo dura o resultado?
O efeito dura cerca de seis meses, caso a pessoa pratique atividade física. Já para as sedentárias, o resultado dura menos – por volta de dois meses. Depois que o resultado for embora, a paciente pode submeter-se novamente à técnica.