1 de setembro de 2014

Implante de Silicone

Mesmo sendo uma das cirurgias mais requisitados pela ala feminina, muita gente têm dúvidas sobre o assunto. Seja da mais simples a mais técnica, nenhuma questão pode ser deixada para trás! Então, leia nosso guia e elimine os dramas que assombram sua decisão de mudar o tamanho do sutiã
4 de setembro de 2012

Alguns mitos sobre cirurgia plástica

Dr. Rafael Rigo, cirurgião plástico do Centro Médico Anália Franco, tira dúvidas sobre cirurgias
22 de agosto de 2012

Como ter Sucesso na sua Plástica

Conheça as dicas para fazer uma cirurgia bem sucedida e com menos riscos
3 de abril de 2012

Tire as dúvidas e planeje a cirurgia plástica

Antes de começar a comprar os modelitos novos, lembre-se que organização, planejamento e informação são os pontos de partida!
27 de outubro de 2010

Suas dúvidas esclarecidas

Quem nunca pensou em fazer uma cirurgia para resolver um probleminha que tanto incomoda no corpo e ficou um tempão com várias interrogações povoando a cabeça?
24 de setembro de 2010

Pronta para a cirurgia plástica?

Antes de realizar a tão sonhada cirurgia plástica é preciso ter certeza de que ela é algo que você realmente quer. Afinal, essas intervenções levam a resultados definitivos
23 de setembro de 2010

Orientais e negros têm mais problemas na cicatrização?

Sim. Isso acontece porque a propensão a uma cicatriz hipertrófica ou queloidiana é determinada geneticamente, fato que é mais observado na raça negra e amarela
22 de setembro de 2010

22 fatos para encarar antes do bisturi

Antes de fazer uma cirurgia, é preciso estar segura do que deseja, conhecer as reais possibilidades que ela oferece, confiar no médico e saber que plástica envolve riscos
1 de julho de 2010

Tire suas dúvidas sobre cirurgias

Tem alguma dúvida sobre as orelhas, silicone, flacidez, panturrilhas, lipoaspiração ou rinoplastia? Veja diversas questões respondidas
1 de janeiro de 2010

31 verdades e mentiras sobre plásticas

É comum ouvirmos de ex-pacientes comentários sobre suas cirurgias que nos deixam com a pulga atrás da orelha. Veja agora se elas têm fundamento ou não