A DIETA DA NIINA SECRETS
13 de junho de 2017
A modelo ucraniana Lola Melnick revela seus segredos de beleza
14 de junho de 2017
Mostrar Todos

Tratamentos vapt-vupt para cuidar do seu sorriso em, no máximo, 1 hora

Se você usa a falta de tempo como desculpa para não ir ao dentista com a frequência que deveria, pode começar a pensar em outra coisa. Com a correria do dia a dia, as clínicas odontológicas estão se adaptando e oferecendo tratamentos que podem ser realizados em até uma hora.

Por: Malu Bontetto

30 minutos

Entre um compromisso e outro, reserve meia hora na sua agenda para ir ao dentista. Neste período, dá para submeter-se aos cuidados básicos.

Obturação
Quando a higienização bucal não é feita corretamente, as bactérias que vivem na boca e se alimentam somente de açúcares sobrevivem agarrada aos dentes e formam a placa bacteriana ou biofilme. Quando elas não são eliminadas, metabolizam os açúcares presentes em nossa alimentação, principalmente a glicose, e liberam um ácido que causa a lenta dissolução da estrutura mineral do dente que ficará cariado. Nesses casos, a cirurgiã-dentista Lhysis Fioravanti (SP) recomenda substituir essa parte do dente, quando sua estrutura não está totalmente comprometida, por um material biocompatível que pode ser resina composta ou amalgama ou, se a destruição for muito grande, cerâmicas (porcelanas) reforçadas.

Toxina botulínica
Esta técnica consiste em aplicar a toxina botulínica para diminuir a exposição da gengiva durante o sorriso, ou seja, para pessoas que durante o sorriso aparentam mais de 3 mm de gengiva. “Após a avaliação do dentista para constatar a real necessidade da aplicação, é aplicado o anestésico tópico para o paciente não sentir a penetração da agulha, na sequência a aplicação da toxina é feita, geralmente, em três pontos que se localizam abaixo da asa do nariz e na columela”, explica a cirurgiã-dentista Lhysis Fioravanti (SP). O resultado é o relaxamento do músculo que circunda os lábios e não a paralisação dele, para que o paciente não perca a movimentação funcional dos lábios. A aplicação dura de 20 a 40 minutos e o efeito dura de três a cinco meses.

40 minutos

Dá para reservar o horário do almoço para ir ao dentista e submeter-se aos procedimentos básicos, mas que  garantem a beleza e a saúde dos seus dentes.

Coroa

Quando a restauração em resina não é mais indicada para substituir as partes perdidas do dente, ou seja, quando o dente perde a estrutura, o recomendado é recorrer mesmo à coroa, para substituir o dente que falta ou reforçar o dente enfraquecido. “Ela é aplicada sobre a parte do dente que está acima da linha da gengiva, e é confeccionada por diversos materiais pelo dentista e técnico em prótese dental,” comenta a cirurgiã-dentista Lhysis Fioravanti (SP). Entre as desvantagens da coroa ela cita que, na maioria dos casos, é necessário tratar o canal antes, porém, por apresentar uma estrutura (corpo) maior é mais resistente que as facetas, e, se o procedimento for somente uma coroa provisória, dura em média 40 minutos, já para a colocação da coroa permanente cimentada, de duas a quatro sessões.

Clareamento no consultório
Ideal para as pessoas que desejam alterar a pigmentação dos dentes e deixá-los mais claros. Depois de feita a profilaxia, a gengiva é isolada com uma barreira protetora, para evitar o contato do gel clareador com os tecidos gengivais. “Na sequência, aplica-se o gel clareador, que por ter fotoativos suficientes para alterar a pigmentação dos dentes não é necessário o uso do laser. Depois de 20 minutos, retira-se o produto e aplica-se novamente, deixando agir por mais 20 minutos. Ao final da segunda aplicação, a barreira gengival é retirada e aplica-se um gel dessensibilizante por três a cinco minutos”, explica o dentista Mario Groisman (RJ). Por fim, fazemos uma aplicação de flúor para reidratar e proteger o esmalte dentário. O número de sessões vai depender do grau de escurecimento do dente, mas normalmente são indicadas no máximo duas sessões com intervalo de três dias, mas já na primeira sessão o resultado é visível.

1 hora

Quem disse que é preciso ficar horas na cadeira do dentista para submeter-se aos procedimentos mais complicados? Com a ajuda da tecnologia, dá para garantir um sorriso novo no mesmo tempo que dura um episódio da sua série favorita

Facetas de resina
Assim como as facetas de porcelana, elas são indicadas para corrigir o mau posicionamento dental, os dentes escurecidos que não respondem ao clareamento enfim, uma técnica para melhoria do sorriso de modo geral. “As facetas diretas em resina são restaurações de resina anteriores que recobrem toda a parte da frente do dente, podendo mudar a cor e a forma do mesmo. Como elas são confeccionadas diretamente no dente, faz-se um preparo do esmalte e da dentina e são colocadas camadas incrementais de resina até a reconstrução total da parte da frente do dente”, explica a cirurgiã-dentista Verena Scotti, da O2 Odontologia (SP). A principal vantagem das facetas diretas de resina é o custo muito inferior à de porcelana, porém tem menor durabilidade e maior possibilidade de pigmentação e escurecimento. Sem contar que ela é contraindicada para pacientes que rangem os dentes ou com estruturas dentais muito enfraquecidas, fumantes e pessoas que ingerem alimentos com muito pigmento como o café, uma vez que, por serem de resina (muito mais poroso que a porcelana), escurecem muito mais rapidamente.

Implante imediato
Indicado para reabilitar pacientes com perda total ou parcial de dentes, sem a necessidade de espera pelo processo de osseointegração, a técnica é realizada imediatamente após extração de um dente natural que apresenta fratura ou necessidade de remoção. “Inicialmente faz-se a remoção do elemento dental comprometido, e logo em seguida é feito o preparo no osso com as fresas de implante, e finalmente a inserção do implante propriamente dito e enxerto ósseo para preencher os espaços vazios entre osso e implante”, diz Dra. Verena. Entre suas vantagens, ela destaca o fato de essa técnica preservar o osso e a gengiva que estavam presentes no dente e a rapidez de tratamento, já que as sessões duram em média uma hora. O paciente permanecerá com a prótese provisória, que pode ser colocada imediatamente, já a definitiva poderá variar de 28 dias a seis meses, dependendo da marca do implante e da região a ser realizada a cirurgia.