Thaíssa Carvalho: Morena Sexy!
15 de março de 2013
Adeus, gordurinhas
3 de abril de 2013
Mostrar Todos

A escova certa

Por Andressa D’Amato

Indispensável para a higiene bucal, a escova dental faz toda a diferença para a saúde dos dentes. O odontologista Flavio Goulart, da Clínica Crescità (SP), explica o que se deve levar em consideração quando for comprar a escova. “O ideal é que se procure orientação odontológica antes da compra, mas se for adquirir aleatoriamente, escolha escovas macias ou ultra macias de cabeça pequena. Apesar disso, cada tipo tem sua indicação. Pessoas com aparelhos ortodônticos, problemas periodontais e próteses geralmente precisam de uma escova mais específica para sua higiene bucal”, conta.

Já a higienização da escova também não pode passar despercebida. De acordo com o especialista, estudos recentes mostram que a forma mais eficiente de higienizá-la é deixá-la submersa em uma solução antisséptica após a lavagem com água corrente, até cobrir todas as cerdas. Essa solução pode ser colocada em um copo e trocada pelo menos uma vez por semana.“Para viagens e ausências, o ideal é secar bem após tirá-la do antisséptico e guardar em caixinhas apropriadas, que são facilmente encontradas em farmácias. Lembrando que esses recipientes devem estar sempre limpos e secos”, ressalta. Segundo Flavio, a troca da escova deve ser feita a cada 60 dias, desde que seja manuseada e higienizada de forma correta. “Importante lembrar que a escova dental é um item individual, não se empresta para um amigo ou mesmo para um filho, pois bactérias e vírus podem ser transmitidos por ela”, finaliza.