Conquiste pernas bronzeadas sem precisar se expor ao sol
12 de Janeiro de 2018
Descubra se a cirurgia bariátrica é uma boa alternativa para você perder peso
12 de Janeiro de 2018
Mostrar Todos

5 técnicas para conquistar um sorriso harmonioso em 2018

Selecionamos as mais modernas técnicas da Odontologia Estética para você ter motivos de sobra para rir à toa em 2018

Por: Malu Bonetto

Lentes de contato

Com aparência semelhante à unha postiça, essas lâminas finas de cerâmica possuem espessura entre 0,1- 0,6 mm e são coladas na frente dos dentes para mudar sua forma e cor, além de corrigir pequenos espaços entre os dentes. “A principal vantagem dessa técnica em relação às facetas é que ela necessita de menos desgaste dos dentes, já que é ultrafina”, diz o cirurgião-dentista Lucas da Silva Pereira, da Insigne Odontologia (SP). Para sair do consultório com o sorriso novinho, geralmente, são indicadas quatro sessões, sendo que na primeira, o profissional irá conhecer o paciente, entender as suas necessidades, fazer uma primeira avaliação, fotografar o caso e moldar. Uma vez aprovado o orçamento, o cirurgião-dentista fará o chamado “mock-up”, que é uma previsão em resina acrílica do futuro trabalho a ser realizado em cerâmica. Este “mock-up” é instalado nos dentes do paciente, permitindo-o avaliar dinamicamente as alterações sugeridas. A consulta seguinte inclui o preparo dos dentes, moldagem final e a confecção das peças cerâmicas em laboratório. Passados cerca de 15 dias, na última sessão, o profissional faz a instalação das peças no paciente. “Por ser uma técnica mais cara do que as restaurações em resina e não reversível, é preciso fazer um planejamento minucioso antes de usá-las. E vale lembrar que as lentes não podem ser clareadas depois de instaladas”, alerta o cirurgião-dentista.

Toxina botulínica

É indicada para evitar que os lábios se retraiam demais, deixando a gengiva aparente, ao sorrir. “Depois de aplicar um anestésico tópico para o paciente não sentir a penetração da agulha, a toxina é aplicada abaixo da asa do nariz e na columela no lábio superior, relaxando os músculos locais, diminuindo a exposição, fazendo com que o paciente não consiga mais erguer tanto o lábio superior, diminuindo a quantidade de gengiva exposta ao sorrir”, explica a cirurgiã-dentista Lhysis Fioravanti (SP). O resultado é o relaxamento do músculo que circunda os lábios e não a paralisação dele para que o paciente não perca a movimentação funcional dos lábios, o efeito dura de três a cinco meses, e quando necessária, pode ser reaplicada.

Clareamento a laser

Você já deve ter percebido que é muito difícil manter os dentes brancos, isso porque estamos em contato com diversos alimentos corantes como vinho tinto, chocolate, café e refrigerante à base de cola. Mas com as diversas opções de clareamento disponíveis no mercado, fica mais fácil exibir um belo sorriso branquinho. Entre os métodos mais usados, a cirurgiã-dentista Lhysis Fioravanti (SP) destaca o clareamento a laser, em que o gel de clareamento é ativado com o auxílio de uma luz. O número de sessões vai depender do grau de escurecimento do dente, mas em média com duas aplicações semanais já nota-se os dentes mais brancos. Como qualquer procedimento clínico, ela alerta que o clareamento tem indicações específicas, contra, indicações e limitações, por isso é extremamente importante fazer o diagnóstico correto.

Gengivoplastia

Há pessoas que ficam com a gengiva aparente mesmo sem sorrir, já que elas são grandes demais em relação aos dentes. Claro que o tamanho e o formato dos ossos bucais e são diferentes para cada pessoa, mas para saber se as gengivas estão aparecendo mais do que o “normal” – geralmente, cerca de 3 mm – é necessário que um periodontista faça uma avaliação da boca. Nos casos positivos, é possível reverter o quadro com a gengivoplastia, mais conhecida como plástica gengival. Nessa técnica, que é realizada com anestesia local, remove-se com o bisturi ou laser cirúrgico o tecido gengival em excesso. Esse procedimento é relativamente simples e rápido: dura cerca de uma hora e o paciente já está liberado para retornar às suas atividades normais em 72 horas. Vale ressaltar que durante 14 dias, deve-se seguir uma alimentação à base de alimentos líquidos e pastosos, para não comprometer a região operada.

Aparelho ortodôntico

Com o avanço na área da odontologia estética, é possível corrigir os dentes com diversas técnicas, entre elas: o aparelho fixo convencional, em que os bráquetes são metálicos e os fios que o prendem também; os aparelhos autoligados, em que os bráquetes metálicos são extremamente pequenos e confortáveis, o tempo de tratamento é menor (40 a 50%) se comparado aos aparelhos convencionais; o aparelho estético de safira, em que os bráquetes são translúcidos, podendo ser comparados aos cerâmicos, a borrachinha é da mesma cor do dente e ele não muda de cor com o passar do tempo; e o aparelho lingual, em que os bráquetes são posicionados na face interna dos dentes, tempo menor de tratamento porque existe uma fase laboratorial (montagem feita no modelo de gesso do paciente anteriormente à instalação na boca) que permite simular o caso finalizado e, assim, identificar e eliminar alguns passos que poderiam estender o tratamento.