Tratamentos vapt-vupt para cuidar do seu sorriso em, no máximo, 1 hora
14 de junho de 2017
Empresárias da beleza revelam os produtos que usam para cuidar do visual
14 de junho de 2017
Mostrar Todos

A modelo ucraniana Lola Melnick revela seus segredos de beleza

Assim podemos descrever a apresentadora ucraniana, que veio ao Brasil, em 2008, para participar do programa do Jô Soares e, desde então, vem fazendo diversos trabalhos por aqui.

Por: Malu Bonetto

Nascida na Ucrânia, Lola Melnick já aos três anos de idade demonstrava sua paixão por dança e, quando cresceu, tratou de se especializar nessa arte: estudou nas maiores escolas do seu país e viajou pela Europa e América Latina se dedicando à dança. Mas foi durante sua estada no Chile, onde apresentava dois programas de televisão, que chamou a atenção do apresentador Jô Soares, que a convidou, em 2008, para participar de seu programa. A entrevista fez tanto sucesso que logo ela foi convidada para apresentar os programas Band Folia e Vídeo News, na Band. Na sequência, foi contratada pelo SBT e comandou diversas atrações, entre elas Se Ela Dança, Eu Danço; Cante se Puder e Famoso Quem. Hoje, aos 34 anos, apresenta os programas diários Mulher de Vanguarda e Roleta Russa, na rádio Vanguarda AM e FM. Mesmo com a correria da vida como radialista, Lola ainda arranja tempo para cuidar do seu visual. Com 58 kg e 1,70 m de altura, ela pratica dança de três a quatro vezes por semana; e aulas de circo, quando a agenda permite. Além disso, não come nenhum tipo de carne – só, às vezes, abre exceção para o salmão –, e aboliu fritura e doces da sua vida.

Vaidosa na medida certa, retira sua maquiagem com água termal e usa soro fisiológico em vez de tônico. “Também uso gelo de chá de camomila para acalmar a pele e máscara de mel com gema de ovo e creme de leite para hidratá-la.”

Quando o assunto é cirurgia plástica

Em 2004, ela decidiu aumentar os seios com o implante de próteses de silicone, mas, poucos meses depois, teve um problema na prótese e precisou recorrer novamente ao bisturi e trocou os implantes por outros menores, de 204 ml. “Não sou contra cirurgia plástica, mas considero que se deve ter muita consciência, calma e principalmente responsabilidade na hora de tomar uma decisão dessas. Sou bastante partidária de naturalidade, e não apoio o abuso da plástica. A vida não se resolve assim.”