Celulite: Mire no Alvo
29 de outubro de 2012
Show de Pernas
9 de novembro de 2012
Mostrar Todos

Juliana Silveira: Gata!

Esse adjetivo poderia ser facilmente incorporado ao nome da atriz da Rede Record. Aos 32 anos – mas com rostinho de 20! -, a loira revela qual o segredo para ter recuperado a boa forma depois do nascimento do primeiro filho

Por Cibele Carbone
Fotos Rodrigo Lopes
Styling Ana Hora

Impossível não notar a boa forma da atriz Juliana Silveira toda vez em que aparece na novela Balacobaco, da Rede Record. A cintura fininha, a barriga livre de flacidez e as pernas torneadas são as mesmas (para não dizer que estão melhores) da época em que nem pensava que seria mãe. Depois de ter engordado cerca de 13 kg durante a gestação de seu filho, Bento, que hoje está com 1 ano e meio, ela tratou de recuperar a boa forma. Mas sem neurose! “Eu não fui uma mulher apressada nessa questão. Amamentei o Bento até os cinco meses. Isso me ajudou a perder 12 dos 13 kg que eu ganhei na gravidez”, conta a atriz. Em meio a correria das gravações da novela em que é protagonista, Juliana arrumou um tempinho na agenda para fazer esse ensaio fotográfico e bater um papo sobre carreira, maternidade – claro! – beleza.

Balacobaco é a sua primeira novela depois que o Bento nasceu. Como está sendo essa volta ao trabalho?

No começo fiquei muito, mas muito ansiosa e senti bastante falta de ficar o dia inteiro ao lado do Bento. Acho que a mãe sente mais essa mudança do que o bebê. Depois que eles entendem que você sai, mas volta todos os dias, eles ficam seguros, o que nos deixa seguras também. Para mim, o importante é ver o Bento feliz, se divertindo. Ele sempre vai até a porta me dar tchau e eu explico exatamente o que vai acontecer no dia, que horas volto, se vai dar tempo de brincar, se ele já vai estar dormindo quando eu voltar… Gosto de conversar bastante com ele, é uma forma de acalmar o meu coração e o dele.

Como tem sido conciliar as gravações com os compromissos da maternidade?

Ai, posso dizer que tem sido difícil… O meu trabalho é um pouco complicado com essa questão de horário e criança ama rotina – tudo que não existe em uma gravação. Eu gravo de cinco a seis vezes por semana e tento estar presente nas situações mais importantes para o Bento. Às vezes eu consigo, às vezes não. Mas essa loucura não dura para sempre. Tive o privilégio de curti-lo durante o primeiro ano de vida, o que me deixa em paz para poder sair para trabalhar. São apenas nove meses e fico feliz quando estou trabalhando, então não posso acreditar que isso seja ruim para nossa relação de mãe e filho.

Você foi capa da Plástica & Beleza em 2007 e, agora, ao compararmos as fotos, seu corpo está igual ao de antes. Qual o segredo para ter recuperado as curvas depois da maternidade?

Obrigada pelo elogio, mas uma coisa é fato: o corpo muda sim depois de uma gestação. Eu não fui uma mulher apressada nessa questão. Amamentei o Bento até os cinco meses. Isso me ajudou a perder 12 dos 13 kg que eu ganhei na gravidez. Mas ninguém fala para você diminuir a quantidade de comida depois dessa fase e acabei engordando cerca de 3 kg quando parei de amamentar. Aí eu voltei para o Pilates, três vezes por semana, fiz minhas caminhadas com o Bento pela manhã e cortei pela metade a quantidade de comida do prato. Não gosto de dietas, nem de restrições alimentares. Nunca consigo segui-las. Quando eu quero perder peso, eu como menos e pronto.

Hoje em dia, o programa de malhação e dieta continuam os mesmos?

Não tenho conseguido. Com esse ritmo de gravação ou fico com o Bento ou malho. Acabei emagrecendo mais um pouco de tanto trabalhar. Já estou entrando em todas asminhas calças 38 e até em alguns modelos 36! Gostaria de estar fazendo meu Pilates, mas fica impossível conciliar tudo. O corpo sarado vai ficar para o ano que vem, para as próximas férias… Mas está tudo bem (risos).

Quando quer dar uma enxugada rápida no visual, tem algum truque que recorre de última hora?

Se eu preciso secar rápido, as restrições alimentares que não costumo ter, passam a existir… Não como nada muito calórico ou que tenha gordura. Opto por pratos leves e tento intensificar a atividade física.

Você gosta de frequentar clínicas de estética e experimentar os tratamentos?

Adoro um aparelho de beleza! Depois que o Bento parou de mamar, fiz dez sessões do Reaction na barriga e doze sessões do Vela Shape no culote e bumbum. O Reaction é para regenerar a pele que fica flácida depois de uma gestação, a barriga demora um tempo, mas volta, e se rolar uma ajuda dessas, melhor! O Vela Shape é bacana para ajudar a combater a gordura localizada e celulite. O resultado é bem legal, mas é claro que todo tratamento precisa de uma manutenção para manter o resultado. Já fiz também pelling facial com a Dra. Karla Assed, que é a minha dermatologista. É ela quem cuida do meu rosto e do corpo.

O que pensa das mulheres que a cada defeitinho estético correm para o bisturi em busca da perfeição?

Não tenho nada contra a cirurgia estética, mas acho que a mulher precisa estar bem segura do que quer. Até porque existem riscos e nem sempre o resultado é aquele que se espera. Já vi muita gente que fez plástica e ficou pior do que era. Acho importante a mulher se gostar, se aceitar e não viver em busca da perfeição. Até porque a beleza é um conceito subjetivo. Acho que antes de uma cirurgia, seria bacana tentar exercícios, dieta, tratamentos estéticos, uma boa dermatologista. Acho que cuidar da cabeça e tão importante quanto cuidar do corpo.

E quanto aos cosméticos? É daquelas mulheres que adoram ter um creminho para passar em cada parte do corpo?

Adoro todos os produtos da Clarins. Uso o High Definition Body Lift para evitar celulite e o Super Restorative Redefining Body Care para a barriga. Esse último eu adotei depois da gravidez. Para hidratar o rosto e o corpo gosto dos cremes da La Prarie e hidratante de Vanilla, da Body Shop.

Já faz um bom tempo em que você está com o cabelo variando de curto para médio. Não tem saudade das longas madeixas dos tempos de Floribella?

Não tenho nenhuma saudade de cabelão. Nós quase optamos por um mega hair para a Isabel, em Balacobaco, mas a autora definiu esse corte médio para a personagem de última hora, para minha alegria! Sou apaixonada por um bom corte de cabelo e quando você deixa muito comprido, esse corte não aparece. O cabelo de médio para curto é mais moderno e é muito mais prático no dia a dia. Não requer manutenção e dá para se arrumar em 10 minutos para qualquer situação.

Quais os cuidados que tem com os fios?

Desde que fiquei grávida descobri a linha de shampoo e condicionador da L´Occitane com ingredientes naturais, gosto muito do Cinco óleos essenciais ou do Angélica. Uso os dois, tanto faz. Deixa meu cabelo macio e com volume. Além disso, frequento o salão do Celso Kamura, tanto em São Paulo, quanto no Rio de Janeiro. É ele quem cuida do meu há dez anos e não o troco por nada… Adoro o trabalho do Kamura.

Tem algum truque de beleza?

Quando estou gravando muito e dormindo pouco, uso uma máscara de gel bem gelada, que eu deixo no congelador, por dez minutos no rosto. Eu tenho a pele bem sensível e isso ajuda a desinchar e a tirar sua vermelhidão.

Já fez alguma cirurgia plástica?

Não fiz e ainda não penso em fazer. Morro de medo da anestesia. Ainda não vejo necessidade de passar por isso, nem pelo pós-operatório. Convivo muito bem com os meus defeitos (risos). No máximo faço os aparelhos de tratamentos estéticos e alguns já são bem incômodos para mim.