Queime as gordurinhas
29 de abril de 2016
Dia das mães perfumado
2 de maio de 2016
Mostrar Todos

Corpo de bailarina

Pernas torneadas, barriga chapada e bumbum durinho. Já reparou que toda bailarina tem um corpo impecável? Pois é por isso que muitas mulheres têm investido no ballet fitness – uma mescla de ballet clássico com exercícios localizados – para modelar as curvas

 

karina bacchi

A atriz (e musa!) Karina Bacchi é uma das adeptas do ballet fitness

Eis a nova tendência no universo da malhação: o ballet fitness. Muitas famosas já aderiram essa moda, o que ajudou a proliferá-la ainda mais por todo o Brasil. Mas, afinal de contas, o que é essa modalidade? Ela nada mais é do que uma mistura de ballet clássico com exercícios localizados, sendo que o foco maior é para o tônus e a perda calórica – e não para os movimentos da dança, em si.

Muita gente tem optado pelo ballet fitness por ele ser uma opção mais dinâmica para as tradicionais aulas da academia.  “Dependendo da frequência nas aulas é possível trabalhar todos os músculos do corpo, promovendo a perda de aproximadamente 800 calorias em 60 minutos. Se o foco for apenas o condicionamento, muitas vezes nem é necessário uma atividade física complementar”, explica o bailarino e  professor Mário Américo, do Estúdio Anacã (SP).

Os benefícios da prática de ballet fitness vaio muito além de um corpo durinho e bem delineado. Segundo a professora Thaynã Bóer, do Ballet Evelyn (SP), o ballet ainda encoraja a disciplina física, o controle e conhecimento do próprio corpo, além de inspirar um senso de confiança física e mental.