melancia
Você é o que você come
11 de julho de 2016
melasma
Rosto livre de melasmas
13 de julho de 2016
Mostrar Todos

Apaixone-se pela corrida

corrida

Com apenas um bom tênis e força de vontade é possível, sim, virar uma runner lover. Se você ainda não é uma, a endocrinologista Giulianna Pansera, idealizadora do blog G-Realfit, dá bons motivos para você começar a correr hoje mesmo

Por Malu Bonetto

Adeus, calorias!
Está aí um esporte que queima muitas calorias. Há quem diga, inclusive, que se você passar a se dedicar aos treinos de corrida, nunca mais terá que se preocupar com dieta. É claro que não é bem assim, mas a alta queima calórica lhe trará um conforto muito maior na hora de se alimentar.

Santo remédio…
Correr melhora o fluxo sanguíneo nas suas artérias coronárias (responsáveis por irrigar o músculo mais importante do seu corpo: o coração). Além disso, a prática dessa atividade diminui significativamente o risco de doenças cardiovasculares, os níveis de LDL (colesterol ruim) e de triglicérides. Também melhora a resistência insulínica, diminuindo seus níveis de glicose no sangue (excelente para diabéticos ou quem tem pré disposição à doença).

Sem pressão!
Praticar corrida diminui a pressão arterial e os batimentos cardíacos por minuto. O corredor aumenta o tamanho do coração (hipertrofia excêntrica) e o número de artérias e de hemácias (glóbulos vermelhos), o que consequentemente eleva a quantidade de sangue e de nutrientes e oxigênio que chegam às células musculares. O que você ganha com isso? Maior resistência e melhora na performance esportiva!

Força e foco
Se tornar um runner lover também ajuda a fortalecer o sistema imunológico, já que estimula a produção de macrófagos (células que combatem vírus e bactérias). Melhora, também, o raciocínio e a memória, pois o exercício exige concentração e aumenta a oxigenação do cérebro. A corrida, ainda, previne contra a osteoporose por ser uma atividade de impacto que estimula a formação óssea.

De bem com a vida…
A corrida libera endorfina, o neuro-hormônio responsável por regular as emoções. Considerada um analgésico natural, a endorfina ajuda na redução do estresse e ansiedade, aliviando as nossas tensões. Por essa razão, correr melhora sua autoestima, sua confiança e é um tratamento eficaz para a depressão.

Rede social
Não, não estamos falando do Facebook, do Instagram nem do Snapchat! Correr te possibilita conhecer pessoas novas e paisagens desconhecidas. A “família da corrida” é imensa no mundo todo e é incrível como nos identificamos e viramos amigos daquela menina que cruza com você todos os dias de manhã correndo na rua, ou daquele senhor que corre na esteira ao lado!