agua
Boca seca? Nunca mais!
17 de Maio de 2016
fit
Malhação que dá certo
18 de Maio de 2016
Mostrar Todos

Turbine sua dieta

dieta

Sabe aquelas fases em que a gente segue uma alimentação regrada e com poucas calorias e mesmo assim não vê resultado na balança? A culpa pode ser de alguns hábitos do dia a dia. Confira como driblar esses obstáculos e mandar embora os quilinhos a mais

O segredo para entrarmos em forma e mandar embora o excesso de peso é um só: alimentação balanceada e exercícios físico. Mas, na hora de montar um cardápio light, muita gente acaba errando e consumindo alimentos que não ajudam nesse processo. Aí é claro que não emagrecemos e desanimamos. Mas calma, fomos conversar com um especialista para esclarecer quais alimentos que podem ou não fazer parte do processo de emagrecimento. “Além de estar atento aos alimentos que são incluídos no rotina diária, é preciso ter comprometimento e estar preparado para os desafios enfrentados no caminho. O que quero dizer é que antes de definir quais alimentos entram ou saem do cardápio é essencial estar disposto a encarar os desafios que vem junto com a mudança”, comenta o médico Patrick Rocha, presidente do Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas (Ineodoc).

Evite o trigo. “Após compreender a importância do comprometimento e foco em uma reeducação alimentar, o primeiro passo é evitar o trigo. O trigo é um alimento que não trás nenhum benefício a sua saúde e está presente em quase todas as refeições diárias de milhares de pessoa. Produtos a base de trigo são dominantes nos mercados e infelizmente grandes agravadores de problemas de saúde como sobrepeso e obesidade. Este alimento além de não saciar a fome, na grande maioria das vezes aumenta a compulsão alimentar e a fome. Todos os farináceos de trigo, seja ele integral ou não, devem ser evitados.

Fuja dos alimentos lights. “Uma conduta quase unânime entre as dietas para emagrecimento é consumir alimentos light. Isto é um grande erro. Estes alimentos apesar de isentos de gorduras, são ricos em açúcares. Ou seja, eles irão despertar ainda mais a fome e não irá nutrir, fazendo com que você queira comer de hora em hora, ou “beliscar”.

Consuma gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico. “Trata-se de alimentos que irão de fato lhe nutrir e trazer saciedade, duas propriedades importantes para quem quer perder peso com saúde. Assim como não adianta comer e não nutrir suas células, não adianta comer e sentir fome logo depois. A melhor orientação a seguir é priorizar alimentos ricos em gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico de fato lhe manterão saciado por tempo suficiente, sem que você tenha que ficar beliscando a cada 2 ou 3 horas. O que quero dizer com isso? Inclua alimentos como ovos caipiras, abacates e óleo de coco na sua rotina. Você conseguirá controlar a fome e não sabotará a sua dieta.”