img-abdomen-duro-e-sequinho
5 ideias para um abdômen duro e sequinho
30 de abril de 2012
alongamento
Dicas para melhorar a sua postura
10 de maio de 2012
Mostrar Todos

Óleos que emagrecem

img-dieta-oleos-que-emagrecem-destaque

Está comprovado: fonte de gordura do bem, eles são grandes aliados à saúde. Ricos em antioxidantes, ajudam a fortalecer o sistema cardiovascular, imunológico e, claro, dão aquela força que você precisa na perda de peso

Por Fabiana Gonçalves

Foi-se o tempo em que a dieta ideal era aquela baseada apenas na quantidade de calorias para conseguir um emagrecimento eficaz.A cada nova pesquisa surgem alimentos que até então eram considerados calóricos e, por que não dizer, gordurosos. Esses estudos têm provado que é possível até aumentar um pouquinho o aporte mais gorduroso no cardápio e conseguir a tão sonhada perda de peso saudável. Até porque, assim como acontece com a gordura saturada da carne, a gordura de que estamos falando – a vegetal – também é calórica (cada colher de sopa tem em média, entre 75 e 135 calorias, dependendo do tipo de óleo vegetal), só que por outro lado ela é uma grande aliada da saúde e, consequentemente, da perda de peso.

Os óleos vegetais funcionais são compostos por ácidos graxos essenciais (AGEs) como os ômega 3, 6 e 9, que não podem ser fabricados pelo organismo, sendo necessário sua obtenção por meio da alimentação. “É bom considerar que qualquer óleo ou gordura têm a mesma quantidade de calorias, ou seja, 9 por grama. Mas o que vai diferenciar os seus benefícios são as propriedades, que no caso dos óleos vegetais, que não têm colesterol, são monoinsaturados, seguros para o coraçãoe se udados moderadamente melhoram saciedade, levando ao emagrecimento”, esclarece a médica nutróloga Liliane Oppermann (SP). Outro fator nutricional importante a ser lembrado é o equilíbrio dos ômegas no nosso organismo. “Quem consome muito mais alimentos com ômega 6 e nada de ômega 3 tem mais chance de desenvolver gordura abdominal e inflamações. O equilíbrio ao se introduzir ômega 3 na dieta é que leva à perda abdominal e melhora inflamações subclínicas.

Segundo a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional (SP), os óleos vegetais estão sendo muito estudados e se mostram grandes aliados para contemplar a necessidade de ingestão de gorduras boas e favorecer o processo de emagrecimento. “Óleos como os de macadâmia, linhaça, castanha-do-pará, noz-pecã, cártamo, coco, além do azeite de oliva, são ricos em ácidos graxos essenciais e poderosos antioxidantes eu ajudam na troca de nutrientes entre as nossas células, sendo assim, anti-inflamatórios que ajudam a fortalecer o nosso sistema cardiovascular, cerebral e imunológico. E como a gordura corporal é um processo inflamatório, as gorduras vegetais ajudam a fazer aquela faxina no organismo, desinflamando as células e auxiliando na perda de peso, explica Roseli Rossi.

Leia a matéria completa na Plástica & Beleza n° 125