Eleja a mais bonita da novela “Avenida Brasil”
20 de agosto de 2012
Musa platinada
21 de agosto de 2012
Mostrar Todos

Farinha de linhaça é aliada no processo de emagrecimento

Nutricionista explica os benefícios de se incluir este alimento na dieta


Perder alguns quilinhos de forma saudável, apesar de estar na lista de objetivos de muita gente, não é uma tarefa fácil. Exige determinação, disciplina e orientação nutricional. Entre os erros comuns que as pessoas cometem ao adotar dietas por conta própria está o de entrar no chamado “efeito sanfona”. Perde-se alguns quilos, ganha-se de novo. Pequenas variações, de um a dois quilos no decorrer do mês, são consideradas normais, especialmente entre as mulheres que menstruam. Porém, perder cinco quilos, manter por dois meses e ganhar dez quilos, depois perder sete, e assim continuar numa constante alteração de peso não é nada saudável. Os especialistas concordam que precisa haver a famosa reeducação alimentar, que não gera privações nem radicalismos, porém, não aceita excessos alimentares repentinos. Com ela, o peso corporal estaciona em determinado patamar, dentro de uma faixa de peso ideal.

Para a nutricionista da farmácia Desejo Saúde Alessandra Rocha, além de se respeitar possíveis restrições individuais (por motivos de saúde e também por preferência), uma dieta de emagrecimento saudável deve garantir a ingestão dos nutrientes de que o organismo necessita para funcionar regularmente, ao mesmo tempo em que se diminui a ingestão calórica. “Certos alimentos possuem como característica gerar mais saciedade, ou seja, reduzem a sensação de fome que pode levar ao descontrole em meio à dieta. É caso do queijo branco, da cenoura, do pão integral, da chia e da farinha de linhaça dourada”, diz Alessandra.

A farinha de linhaça dourada é, de fato, um alimento que merece destaque. Ela tem o mérito de ser a queridinha das dietas de emagrecimento. Nos últimos anos, seu consumo cresceu consideravelmente no Brasil. Também conhecida como semente do linho, tem alto valor nutritivo e contribui para a redução dos riscos de doenças, podendo assim ser considerada um alimento funcional. Estão presentes em sua composição altas taxas de fibras solúveis, que melhoram o trânsito intestinal; vitamina C, com ação imunitária, dando estrutura aos músculos, tecidos e cartilagens; vitamina E, que protege os tecidos do corpo das reações que os danificam; vitamina B1, que conduz os impulsos nervosos; vitamina B2, que auxilia no metabolismo de gorduras. Também estão presentes o caroteno, zinco, ferro, cálcio, fósforo, potássio e magnésio, além dos ácidos graxos ômega 3, 6 e 9.

A nutricionista afirma: “Duas colheres da farinha de linhaça dourada todos os dias no café da manhã já são suficientes para se desfrutar de seus benefícios ao longo do dia”. O consumo da linhaça dourada na forma de farinha facilita a absorção dos nutrientes pelo organismo. “Quando as sementes não são bem mastigadas, os nutrientes não são absorvidos, o corpo não se sacia e a ajuda no processo de emagrecimento acaba por se anular”, Alessandra aponta.
http://www.desejosaude.com.br