XÔ, FLACIDEZ!
13 de junho de 2017
Tratamentos vapt-vupt para cuidar do seu sorriso em, no máximo, 1 hora
14 de junho de 2017
Mostrar Todos

A DIETA DA NIINA SECRETS

Quem acompanha a carreira da youtuber Niina Secrets já deve ter reparado como ela está mais magrinha. A loira, que se incomodava com os quilinhos a mais, procurou o endocrinologista Thiago Ferreira Lima, da Clínica Seven,
e adotou a Metabolic Seven. O resultado? Eliminou 4 kg! 

Por: Malu Bonetto

Aos 24 anos, Niina Secrets, cujo nome verdadeiro é Bruna Santina Martins, soma mais de 2,3 milhões de seguidores no seu canal no Youtube, onde dá dicas de maquiagem, decoração e bem-estar. “Comecei a gravar os vídeos há sete anos, época em que isso nem era tão habitual”, lembra a youtuber, que acredita que seu sucesso se deve ao fato de falar com as seguidoras como se fossem amigas trocando dicas.

Mas em função da correria diária – além do canal, ela tem um blog e o e-commerce Niina Secrets Store, onde vende roupas, acessórios, objetos de decoração e artigos de papelaria -, ficava difícil manter uma rotina de atividade física e dieta balanceada. “Nunca estava satisfeita com meu peso, já tentei várias dietas, mas no fim engordava tudo de novo ou até mais.”

Decidida a virar esse jogo definitivamente, uma das primeiras medidas da loira para dar adeus aos quilinhos a mais foi sair do sedentarismo e começar a correr (literalmente!), atividade que começou a praticar final do ano passado e hoje se diz apaixonada. O segundo passo foi buscar um tratamento que possibilitasse perder peso, sem o risco de sofrer com o terrível efeito sanfona. “Um amigo eliminou quase 90 kg com a ajuda dos profissionais da Clínica Seven, outros eliminaram menos e, além de ter sido em pouco tempo, eles mantêm o peso até hoje, então fiquei curiosa para conhecer o método.” Em março, com 75,6 kg (ela mede 1,73 m de altura), Niina marcou sua primeira consulta.

O início da nova rotina

Antes de começar o programa Metabolic Seven, da Clínica Seven, a youtuber realizou o exame de biopedância, em que por meio da passagem de uma corrente elétrica (totalmente indolor) é avaliado o peso, a composição corporal (peso de gordura, % de gordura, peso de massa muscular, % de massa muscular), peso referente a água corporal(retenção de líquidos) e também estimativa da taxa metabólica basal (gasto calórico diário em repouso). Depois, em uma consulta com o endocrinologista Thiago Ferreira Lima, tirou todas as dúvidas sobre o método e recebeu a instrução de realizar diversos exames de sangue.

“Ele me receitou alguns polivitamínicos, lactobacilos, glutamina, chás e um cardápio desenvolvido pela nutricionista. No primeiro mês, minha dieta foi bem restrita: no café da manhã apenas frutas, torrada sem glúten e nada de carboidrato e lactose; no almoço e no jantar, comia proteínas, verduras e sala-das.” Passado esse período, o cardápio passou a incluir derivados de leite light, e a cada semana há mudanças e adaptações.

“No início foi difícil adaptar os horários das refeições, lanches e dos suplementos com a minha rotina, mas agora já consegui organizar tudo da melhor maneira possível mesmo porque aprendi que é possível, comer de tudo, desde que tenha o controle em comer pequenas quantidades.”

Entendendo o método

Desenvolvido pelo endocrinologista Thiago Ferreira Lima, o Metabolic Seven visa preservar a massa muscular ao longo do emagrecimento. “Ao analisar vários tipos de dieta e medicamentos, identifiquei que o principal fator responsável pelo emagrecimento é o próprio metabolismo de cada um. Independentemente da quantidade de comida consumida ao longo de um ano, o corpo elimina todo esse consumo através do próprio metabolismo regido, principal-mente, pelas atividades musculares, ou seja, os músculos geram o consumo de energia do organismo. Como mecanismo de defesa, todo processo de emagrecimento gera uma perda muscular e é essa perda que faz a taxa de metabolismo diminuir”, diz o endocrinologista Thiago Ferreira.

Silhueta mais enxuta

Hoje, com 4,1 kg a menos – sendo 3,9 kg só de gordura corporal –, a loira comemora o fato de seu rosto, que sempre foi mais redondinho, e colo estarem visualmente mais magros. “Uma das principais coisas que aprendi é que beber muita água durante o dia é essencial – hoje bebo, no mínimo, dois litros -, e que é importante ter a consciência do que se está consumindo, como o alimento age no seu organismo, mas sem paranoia. Eu adoro doce e, com essa reeducação alimentar, aprendi que não posso comer todo dia, mas minha nutricionista dá um jeitinho de encaixá-lo em algum momento na minha dieta, mesmo porque quando nos privamos de muita coisa, ficamos desanimados”, conta Niina, que continua firme e forte no programa para manter o resultado conquistado.

O programa se divide em 3 etapas

1. Emagrecimento 

Dura, em média, sete semanas, e é feita a preservação do máximo de massa muscular através do uso de aminoácidos saudáveis. “Existem vários tipos de aminoácidos em nosso organismo que promovem inúmeros benefícios. Alguns, nós mesmos produzimos e outros precisam vir da alimentação ou suplementação. No caso do método Seven, é indicado o uso de aminoácidos específicos para proteção da massa muscular.”

2. Definição muscular

Importantíssima para evitar o efeito sanfona, já que com a definição muscular acontece o aumento do metabolismo. Esse aumento acontece pela consequência de três fatores: primeiro, se faz necessário ter um desgaste da fibra muscular através da musculação, que nessa fase já passa a ser recomendada. Segundo, precisa-se de maior aporte de alimentos e suplementos e, por fi m, é essencial dormir muito bem para que o processo de regeneração e aumento da fibra muscular ocorra com efi ciência. Essa fase dura, em média, três meses.

3. Manutenção

Nessa fase a paciente aprende a cuidar melhor da alimentação e do seu corpo, entendendo e ajustando seu próprio metabolismo. Não existe tempo predefinido para essa fase, tudo depende do quanto esse paciente já adquiriu de conhecimento e autonomia.