Projeto seios PP
16 de outubro de 2015
Fernanda Motta: Totalmente demais!
16 de outubro de 2015
Mostrar Todos

Dieta alcalina: -4kg em 5 dias

Com a promessa de eliminar as toxinas do organismo, manter o equilíbrio do pH do corpo e ainda perder alguns dos quilinhos, a dieta alcalina conquistou adeptas como Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow e Kirsten Dunst

Por Malu Bonetto

Dieta alcalina

O objetivo da dieta alcalina é manter o pH do nosso organismo – que é levemente alcalino e gira em torno de 7,35/7,45 – o mais alcalino possível, contribuindo para a desintoxicação do organismo e redução da retenção de líquidos. Para isso é preciso minimizar a ingestão de alimentos com pH mais ácido. “O pH do sangue é levemente alcalino, consequentemente nosso corpo também. E, como a princípio tudo que o nosso corpo gera são resíduos ácidos, por isso nossa urina e suor são ácidos, ele precisa se esforçar para eliminar os ácidos para manter o pH estável”, explica o nutricionista Gabriel de Carvalho (SP).

Quando reduzimos a acidez do organismo, diminuímos a inflamação das células, eliminamos as toxinas mais facilmente, aceleramos o metabolismo e, assim, a perda de peso é mais eficaz. “Além disso, a dieta alcalina ajuda no combate de diabetes, gota, reumatismo, artrite e, até mesmo, depressão”, explica a nutricionista Paula Castilho, da Sabor Integral Consultoria em Nutrição (SP). O consumo de sal, açúcar, petiscos gordurosos, café em excesso e álcool pode acabar com esse equilíbrio e transformar o corpo em um sistema ácido, obstruindo toda estrutura do metabolismo. Quando isso ocorre, o ideal é apostar em uma alimentação que promova uma limpeza no organismo, como a dieta alcalina, que tem como base exatamente a regularização do pH.

A dieta alcalina consiste em se alimentar regularmente e em reeducar o paladar, evitando a ingestão de alimentos nocivos ao metabolismo. Por isso é aconselhável que a dieta não seja seguida apenas por um breve período de tempo, mas que seja adotada por toda a vida. Mesmo porque, essa dieta também ajuda a diminuir a perda óssea, a aumentar o ganho de massa muscular e a desintoxicação, e alguns estudos apontam diminuição da perda neuronal e o aumento da fertilidade.

Seguindo o cardápio criado pela nutricionista Paula Castilho, da Sabor Integral Consultoria em Nutrição (SP), por 5 dias, é possível eliminar 4 kg, ingerindo diariamente cerca de 1200 calorias (você encontra na página nº 94 na edição 146 da Revista Plástica & Beleza).

Receitas:

Spaghetti de quinoa com abobrinha

Ingredientes:

  • 1 embalagem de Spaghetti de quinoa
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1 abobrinha (courgette)
  • 1/2 cebola pequena
  • manjericão fresco
  • ou salsa a gosto
  • sal a gosto
  • pimenta a gosto

Preparação:

Coloque em fogo baixo uma panela com água e um pouco de sal e cozinhe o Spaghetti de Quinoa conforme as instruções da embalagem. Aqueça uma frigideira, adicione a cebola e cozinhe por 3 minutos. Em seguida, adicione a abobrinha
fatiada e cozinhe por mais 5 minutos. Tempere com sal e pimenta. Escorra a massa e sirva num prato com a abobrinha fatiada e ervas frescas por cima.

 

Charutinho couve manteigaCharutinho de couve-manteiga

Ingredientes:

  • 12 folhas de couve manteiga (sem talo)

Para o recheio:

  • 50 g de quinoa
  • 150 g de espinafre
  • 1/2 Cebola
  • 2 dentes de alho
  • Sal marinho a gosto
  • 50 g mussarela de búfala ou ricota
  • Azeite ou óleo de coco a gosto
  • 5 unidades amêndoa semimoída

Como preparar:
Cozinhar a quinoa com um pouco de sal antes e reservar;
Refogar na panela de ferro: espinafre com cebola, alho, sal marinho, mussarela de búfala (ou ricota) e azeite (ou óleo de coco).
Adicionar a quinoa e amêndoa semi moída no refogado;
Preencher as folhas de charutinho com o refogado;
Enrolar e levar na mesma panela de ferro do refogado até cozinhar. (se quiser pode jogar em cima iogurte batido com alho e sal marinho).