Celso Kamura e equipe criam penteados maravilhosos para você arrasar no Réveillon
27 de dezembro de 2016
4 dicas infalíveis para um make impecável para a festa de Réveillon
30 de dezembro de 2016
Mostrar Todos

Carne de porco: opção mais saudável e com menos calorias para incluir no cardápio diário

Durante muito tempo a carne de porco foi considerada uma vilã para a saúde. Hoje, sabemos que ela é rica em vitaminas e possui menos calorias se comparada a carne bovina ou de aves

Se você gosta de carne suína, mas acaba não consumindo com tanta frequência por achar que é uma carne gorda saiba que hoje ela é mais saudável do que a consumida há 20 anos. Devido a melhora na criação desses animais, como alimentação mais equilibrada, e seleção, atualmente ela tem 31% da gordura, 10% do colesterol e 14% das calorias, tornando a carne suína brasileira mais magra e mais nutritiva, além de muito saborosa, claro. “Rica em proteínas e em gordura saturada (‘gordura do bem’), a carne tem vitaminas A, D, E e K, potássio e vitaminas do complexo B, especialmente a tiamina (vitamina B1), que auxilia no metabolismo da glicose”, diz a nutricionista Ligia Gouvêa, consultora da Frimesa.

E, quando o assunto é gordura, a preocupação é sempre o colesterol. Pois aí vai a boa notícia: a carne suína ajuda a diminuir os níveis de colesterol ruim no sangue (LDL colesterol) sem reduzir o bom (HDL colesterol). Isso acontece porque ela é rica em ácidos graxos monoinsaturados, que ajudam nesse controle e também estão presentes em alimentos como azeite de oliva, canola, abacate, amendoim e alguns tipos de nozes.

Também não podemos esquecer que ela é rica em ferro, selênio e potássio, nutrientes muito importantes para que nosso corpo fique forte e funcione direito. “O ferro, por exemplo, é um dos componentes essenciais do sangue e de algumas enzimas do sistema respiratório. Como é sabido, a carência de ferro pode levar à anemia e até danos neurológicos e cardíacos mais severos. Importante também ressaltar que o ferro da carne tem uma melhor absorção que o ferro de origem vegetal”, explica a nutricionista Lara Natacci (SP).
Quando comparada a alguns cortes de carne de frango ou vaca, a suína chega a ter menos colesterol e gordura. Como por exemplo, o lombo que tem 176 cal em 100g e 8,8g de gordura enquanto a sobrecoxa de frango sem pele tem 162 calorias e 9,6 g de gordura e a maminha 153calorias e 7g gordura. A carne de porco ainda tem mais selênio (antioxidante), zinco (defesa do organismo) e mais ferro (formação dos glóbulos vermelhos) do que a carne de frango.