Descubra as maravilhas que o resveratrol pode fazer pela sua beleza
7 de Março de 2017
Descubra o local perfeito para guardar os medicamentos na sua casa
10 de Março de 2017
Mostrar Todos

TriVersa: novo equipamento para o tratamento de manchas, flacidez e rugas

Com previsão de chegar ao Brasil ainda este ano, a multiplataforma estética Venus Versa oferece o protocolo TriVersa que une, em um único equipamento, as tecnologias de luz pulsada, radiofrequência multipolar e radiofrequência nanofracionada

Indicada para o tratamento de manchas, flacidez e rugas, o TriVersa une em um só aparelho a luz pulsada de última geração com sistema de refrigeração (para maior conforto do paciente), radiofrequência nanofracionada (que faz pequena lesão na pele) e tecnologia MP² de radiofrequência multipolar e pulso magnético. O protocolo é feito em seis sessões, uma a cada 15 dias, sendo que cada sessão dura apenas 30 minutos.

De acordo com Fernando Emiliozzi, diretor comercial da Skintec – empresa responsável pela importação do equipamento -, as duas sessões mensais do tratamento são divididas em: luz pulsada somada à radiofrequência nanofracionada em um dia e radiofrequência multipolar no outro. “A luz pulsada de última geração garante energia constante durante toda a duração do pulso, atuando no clareamento global da pele para remover as manchas marrons (sardas, efélides e melanoses) e as avermelhadas (telangiectasias e eritema difuso)”, explica Fernando.

Imediatamente após a luz pulsada, na mesma sessão, a radiofrequência nanofracionada estimula colágeno profundo e também uma renovação da epiderme (camada mais superficial), dessa forma corrige rugas, cicatrizes de acne ou fotoelastose (flacidez provocada pelo sol). Na sessão seguinte, é utilizada a radiofrequência multipolar para tratar principalmente a flacidez já que promove estímulo de fibroblastos (colágeno e elastina), síntese de colágeno além de aumentar a proliferação de novos vasos (angiogênese).

Ao final dos três meses, segundo Fernando, os pacientes terão uma pele mais clara, uniforme, mais vascularizada, nutrida, viscosa, com mais turgor e firmeza, além da melhora do contorno da face. Mas atenção, pessoas que fazem uso de anticoagulantes, antiplaquetários e com pele bronzeada não podem realizar o procedimento. Apesar de ser um procedimento ablativo, o downtime é mínimo: “Após a sessão com luz pulsada, o paciente volta às atividades normais em três dias. Na sessão da radiofrequência multipolar, o paciente volta às atividades normais no mesmo dia”, finaliza o especialista.