Inclua a soja no seu dia a dia
21 de novembro de 2016
Bruna Hamú: nasce uma estrela!
21 de novembro de 2016
Mostrar Todos

Sua pele está envelhecendo rápido demais?

Os cuidados que temos no dia a dia com a nossa pele são determinantes para a sua aparência. Se não colocarmos em prática o trio limpeza + hidratação + prevenção anti-idade, é bem possível que rugas, manchas e linhas finas surjam antes do tempo. Para saber se esse é o seu caso, basta conferir se já apresenta alguns dos sinais abaixo

Por: Malu Bonetto

Manchas de sol no rosto aos 20 anos

A presença de manchas ou sardas tem relação direta com a fotoexposição solar precoce e intensa. “Em média, após os 25 anos há um declínio na capacidade de reparo e proliferação celular já que temos a primeira perda no metabolismo de regeneração e começamos a ter deficiência em produzir espontaneamente os antirradicais livres e antiglicantes que combatem os superóxidos que envelhecem o nosso organismo”, explica a dermatologista Claudia Marçal. Portanto, não abra mão do protetor solar com FPS de no mínimo 30!

Pescoço irritável e de cor desigual

A pele da região do pescoço é muito fina, praticamente sem glândulas sebáceas, com espessura próxima a dois milímetros, pouco hidratada e onde há grande movimentação natural pela própria dinâmica da região. Justamente por isso, o dermatologista Abdo Salomão Jr. explica que, se a pele do pescoço está com cor desigual é evidência que há envelhecimento precoce ou pele irritada.

Pele mais sensível que o habitual

A pele é parte de um sistema que precisa estar em equilíbrio, então, se a pessoa está em desordens alimentares, em privação ou carência nutricional, ou fazendo uso de medicamentos de controle de colesterol (quando essas concentrações são altas), a pele que já tem tendência a ser mais sensível, pode se tornar-se mais seca. Essa sensibilidade, segundo o dermatologista Jardis Volpe, da Clínica Volpe (SP) pode vir conjuntamente com coceira, presságio importante de que alguma coisa na sua rotina de beleza não está em ordem. Vitaminas orais, alimentação balanceada e uso produtos tópicos com ação calmante e hidratante são necessários.

Seu olhar já não é mais o mesmo

Como a região dos olhos é bastante sensível e delicada, com característica e estrutura epidérmica diferenciada, as olheiras pioram com a alimentação rica em açúcar e sal pois, assim como o álcool, torna a pálpebra mais inchada e o pigmento depositado mais evidente. “As olheiras mais violáceas ou mesmo as mistas com tons acastanhados e arroxeados podem surgir por noites mal dormidas, por excesso de bebida alcoólica, tabagismo, na TPM, entre outras causas”, comenta a Dra. Claudia Marçal.