Banana: descubra os benefícios dessa fruta e aprenda a fazer biomassa de banana verde
6 de Março de 2017
Malu Pizzatto: a atriz da Rede Globo conta como venceu a luta contra a balança
6 de Março de 2017
Mostrar Todos

Pesquisa comprova que os brasileiros estão aplicando menos protetor solar com o passar dos anos

Apesar de sempre falarmos da importância de aplicar diariamente filtro solar, segundo pesquisa quase 2/3 dos brasileiros não têm esse hábito

De acordo com a pesquisa realizada com 1307 pessoas de 21 capitais brasileiras e, coordenada pelo farmacêutico Lucas Portilho, diretor científico da Consulfarma e do IPUPO Educacional, 65% da população não aplicam o filtro solar diariamente sendo que em 2015, esse percentual era de 53% e, em 2014, 57%. “A redução no uso diário do filtro mostra que a conscientização não fez com que a população fizesse uso correto e diário do fotoprotetor. Talvez pelo alto custo e situação de crise financeira que se instaurou, a proteção solar ficou como segundo plano de consumo”, conclui o pesquisador.

Apesar disso, de acordo com ele a pesquisa revelou que cresceu a conscientização dos consumidores com relação à importância da proteção UVA e os malefícios do bronzeamento. “Diferente da UVB, a radiação UVA atravessa vidros e janelas e penetra profundamente na pele, chegando até a derme, camada mais profunda da pele e onde se localizam as fibras de colágeno e elastina, gerando uma quantidade altíssima de radicais livres. Os radicais livres gerados por esta radiação causam aumento da degradação das fibras de colágeno e elastina, que dão sustentação à pele, sendo as principais responsáveis pelo fotoenvelhecimento, incluindo rugas, linhas de expressão, flacidez e manchas”, conta o especialista.

A pesquisa ainda demonstrou hábitos dos consumidores com relação ao uso do filtro solar:
– 69% dos entrevistados não reaplicam o fotoprotetor, percentual igual ao de 2015 (71% em 2014);
– metade da população não utiliza o produto em dias nublados (74% 2015 e 70% em 2014);
– FPS 30, 50 e 60 são os preferidos dos usuários;
– apenas 6% consultam o dermatologista para indicação do melhor filtro (13% em 2015 e 14% em 2014);
– 32% aplicam o produto apenas no rosto (53% em 2015 e 52% em 2014);
– 41% se expõe ao sol apenas pela manhã por acreditar ser o horário mais seguro (52% em 2015 e 55% em 2014);
– apenas 7% utilizam roupas para se proteger do sol (10% em 2015 e 8% em 2014).