Sopa de beterraba com iogurte
23 de agosto de 2016
Abuse e use do abacaxi
23 de agosto de 2016
Mostrar Todos

Contorno e strobing para negras

As técnicas de contorno e make iluminado, conhecida como strobing, se tornaram queridinha entre as mulheres. Mas o que muda na hora de fazer esses makes nas peles brancas e nas morenas ou negras?

Por Malu Bonetto

Com a maquiagem correta é possível criar impressões diferentes, por exemplo, uma bochecha que é mais saliente pode tornar-se um pouco mais profunda com um toque de contorno. Um queixo que é mais retraído pode conquistar a expansão com uma pincelada de iluminação, tudo no ponto certo e buscando a harmonização. Com a pele negra e morena não é diferente, mas há cuidados que merecem um pouco de atenção. “Todas as técnicas de contorno e iluminação são aplicáveis à pele morena e negra, obviamente, mas existe um cuidado especial no tom dos produtos que devem ser usados. Uma cor errada pode acabar com a beleza da pele negra”, alerta a maquiadora Renata Almeida.

A escolha do tom
Geralmente, o produto para contorno é de dois a três tons mais escuros que a pele, pois assim vai criar uma ligeira sensação de profundidade nos pontos estratégicos do rosto. Para a iluminação, pode-se usar um tom mais claro de base ou corretivo, criando ponto de luz sem brilho, o que fica mais natural. O brilho do iluminador pode ser usado, mas com parcimônia e em locais certos, como o alto da maçã do rosto, sempre buscando tons aquecidos como o dourado. “Os pontos perfeitos para criar o contorno vão depender do formato de rosto de cada mulher, pois varia a necessidade de profundidade e ampliação”, comenta.

Apostando no contorno
Nos rostos mais arredondados, contorne as laterais da testa e do maxilar puxando suavemente para o osso zigomático (ele é o coringa do afinamento das maçãs). Ilumine o centro da testa e a ponta do queixo.
O rosto oval é o que mais se aproxima da simetria considerada ideal pelos visagistas, logo a necessidade de contorno é muito pequena. Para realçar esse formato, Renata aconselha fazer o contorno na região do osso zigomático, somente para criar aquela profundidade digna de top model e ilumine o centro da testa, queixo e acima das maçãs.
Já o rosto alongado necessita de um encurtamento e os pontos principais é o topo da testa (raiz do cabelo central) e a ponta do maxilar e queixo. Ilumine na região abaixo das olheiras para criar um ponto de luz estratégico.
O rosto quadrado tem dimensões bem proeminentes e destacadas. Para o contorno ideal é necessário escurecer as laterais da testa até as têmporas e as do maxilar, criando uma sensação mais ovalada. Iluminar o eixo do rosto (centro da testa e a ponta do queixo) é certeiro para essa silhueta.

Dicas espertas:
* Para quem tem o septo nasal mais avantajado, o ideal é escurecer essa região delicadamente para não sobrecarregar o visual.
* Esfumar é um dos passos mais importantes para uma maquiagem perfeita. Então esfume o contorno até sumir o traço, deixando somente a impressão de profundidade.
* Não tem uma paleta específica para contorno e iluminação? Use as sombras marrons (sem brilho) para contornar e as claras para iluminar.
O pincel chanfrado é o mais indicado, pois se molda perfeitamente ao formato do rosto.