Dieta do Bisturi
14 de outubro de 2014
Corpo novo com silicone
19 de dezembro de 2014
Mostrar Todos

Bronze 100% seguro

Acredite: isso é possível! Basta seguir alguns cuidados antes e durante a exposição solar para conseguir aproveitar o melhor do verão e ainda garantir um bronzeado perfeito
Por Cibele Carbone

bronzeado-perfeito-plastica-beleza

O sol é essencial para o nosso organismo, já que ele é responsável por cerca de 90% da absorção de vitamina D. A falta de exposição à luz solar pode causar de ciência dessa vitamina e favorece o risco de alguns cânceres – como o de cólon e de mama, doenças cardiovasculares, hipertensão e pré-eclâmpsia na gravidez. “Além disso, a de ciência de vitamina D aumenta o risco de doenças imunológicas, como esclerose múltipla, artrite reumatoide e lúpus, e, durante a gestação ou na infância, aumenta o risco de o indivíduo desenvolver diabetes tipo 1, no futuro”, explica a dermatologista Karla Assed (RJ). Ao mesmo tempo em que ele é tão importante para nós, a exposição excessiva aos seus raios pode ser bastante perigosa, deixando a pele, a princípio, avermelhada e podendo chegar até uma queimadura solar com formação de bolhas. Com o passar do tempo, os raios nocivos do sol provocam o envelhecimento precoce e podem levar ao câncer de pele.
Mas, então, como devemos lidar com essa questão? Devemos nos ausentar do sol e sofrer com a falta de vitamina D ou nos expormos e corrermos o risco de ter problemas cutâneos? A resposta é simples: nem um nem outro! O segredo é aprender a nos expor aos seus raios com total segurança, nos horários corretos e com o uso de proteção solar.

 

A hora certa

A gente sabe que essa parte é bem complicada, já que o horário ideal para nos expor ao sol é antes das 10 horas ou após as 16 horas. Ou seja, o horário em que costumamos aproveitar a praia e a piscina é justamente aquele em que a incidência dos raios solares é mais forte – e mais perigosa! Para garantir a absorção da vitamina D o ideal é tomar sol durante 15 minutos e sem proteção solar em uma área da pele (como mãos ou braços, por exemplo), pelo menos três vezes por semana. “No entanto, uma pessoa que já teve câncer de pele, por exemplo, corre um risco muito alto de se expor sem proteção. Nesse caso, a reposição oral de vitamina D quando necessária é a melhor saída”, explica a dermatologista Carla Albuquerque (SP).

 

1. Photoage Wet FPS 40, Dermage, R$ 70.
Em spray e oil free, tem ativos que garantem resistência à água e ao suor.

2. Sun Fresh FPS 70, Neutrogena, R$ 46.
Além de proteger contra os raios UVA e UVB, tem alto poder de hidratação.

3. Protetor Solar com Cor Efeito Dourado, Cenoura & Bronze, R$ 25.
Confere um leve brilho sobre a pele.
4. Cetaphil Daylong Loção Lipossomal FPS 30, Galderma, R$ 78.
Garante a estabilidade da proteção por muito mais tempo.
5. Sundown Gold FPS 30 Loção Spray, Johnson & Johnson, R$ 39.
Protetor solar com urucum e buriti, ativos naturais que ajudam no bronzeamento da pele.

 

Textura e FPS perfeitos

“A primeira coisa é se assegurar de que o produto proteja tanto contra raios UVB como UVA. Depois, veri que se ele é para o seu tipo de pele e para a ocasião”, ensina a dermatologista Michele Haikal (SP). Geralmente, quem tem pele oleosa se dá melhor com protetores em loção oil free. As donas de uma cútis mista, com produtos gel-creme com tecnologia em que o protetor tem efeito antioleosidade e antiumidade somente nas áreas mais sebosas. Quem tem pele normal costuma optar por creme e quem tem pele seca opta por creme ou loção com ativos hidratantes e antioxidantes.

Depois de escolher a textura do protetor e con rmar que ele oferece proteção UVA e UVB, é chegada a hora de ver o fator de proteção solar. “Todas as pessoas devem usar fotoprotetor com, no mínimo, FPS 30. No entanto, situações especiais podem requerer fotoprotetores com FPS maiores, tais como antecedente pessoal ou familiar de câncer da pele, tendência as manchas, fotossensibilidade, entre outros. A indicação do produto adequado deverá ser feita apenas pelo dermatologista”, diz a Dra. Carla Albuquerque. Além disso, escolha um produto para o corpo e outro para o rosto. A vantagem é que você pode adequar os produtos às suas necessidades. “Uma pessoa clara com a pele facial oleosa pode precisar de um FPS 50 oil free para essa região, enquanto na pele do corpo, mais seca, pode usar um FPS 30 em loção cremosa”, exemplifica a médica.

1. Anthelios Airlicium Antioleosidade FPS 30, La Roche-Posay, R$ 67.
Ajuda a disfarçar os poros faciais e deixa a pele matificada por um longo período.

2. Episol Color Pele Clara FPS 70, Mantecorp, R$ 65.
Possui toque seco e efeito matificante, além de ajudar a cobrir as imperfeições da pele.

3. Actine Protetor Solar Hidratante FPS 30, Darrow, R$ 41.
Específico para quem tem pele acneica ou oleosa, controla o brilho e mantém a hidratação cutânea.

4. Minesol Oil Control FPS 70, Roc, R$ 67.
Gel-creme que reduz e controla a oleosidade da pele do rosto.

5. Filtrum VIT FPS 50, Libbs Farmacêutica, R$ 65.
Para pessoas com pele sensível, sua fórmula contém vitaminas e ativos que funcionam como uma barreira para a derme.