00
As 7 plásticas mais pedidas
1 de outubro de 2010
00
Cirurgia bariátrica – Dê um fim à obesidade!
1 de outubro de 2010
Mostrar Todos

Bocão Sexy

00

A belíssima atriz Angelina Jolie é para muitas pessoas considerada o ideal de beleza. Não é para menos, tem um corpo bem definido, cabelos longos e brilhantes, rosto marcante e, claro, lábios sensuais e carnudos. Ma s engana-se quem pensa que este tipo de boca é sinônimo de sensualidade somente agora. Já nos anos 60, Brigitte Bardot também fazia muito sucesso!

Por Malu Bonetto

Foi-se o tempo em que ter lábios grossos era privilégio de quem tem ascendência negra ou indígena. Há cirurgias para quem quer um resultado permanente, tratamentos estéticos para quem quer exibir um sorriso carnudo por determinado período e, claro, alguns batons que dão um up instantâneo, mas bem passageiro. Escolha qual método você quer para conquistar lábios à la Jolie. Mas atenção: antes de recorrer aos tratamentos é importante manter a saúde dos lábios com o uso diário de filtros solares ou substâncias hidratantes na região. E como a prevenção ainda é a melhor maneira de manter a região linda, lembre-se que o tabagismo agrava, e muito, o envelhecimento da pele do local, deixando-a cheia de rugas e com uma cor amarelada.

Efeito permanente com cirurgias
Lipoestruturação labial
O que é: utilizado para aumentar o volume dos lábios e melhorar o contorno labial, esta técnica é realizada sob anestesia local. Com microcânulas bem fininhas, retira-se gordura da região interna de coxas, flancos ou qualquer outro local em que a paciente tenha gordura localizada e que deseja eliminar. Este tecido adiposo rico em células-tronco e colágeno é enxertado na boca através de microcanulas. O tempo médio da cirurgia varia entre 30 e 45 minutos. “Enquanto o enxerto convencional de gordura precisará ser refeito por causa da reabsorção da gordura pelo organismo, no caso da lipoestruturação não haverá necessidade de nova aplicação, pois as substâncias enxertadas têm capacidade de regeneração por dois anos” explica o cirurgião plástico Ricardo Cansanção, da clínica Dicorp (RJ).
Indicação: rejuvenescimento e aumento do volume dos lábios.
Contraindicação: não há.
Prós: o tecido adiposo que é injetado é rico em células-tronco, que têm capacidade de regeneração por mais de dois anos.
Contra: não há.
Resultado: é praticamente imediato, mas depois de uma semana, é possível ver o resultado definitivo, ou seja, lábios mais volumosos e contorno labial mais acentuado.
Cuidados pós-operatório: pode haver inchaço na área tratada por até sete dias, e o paciente está liberado para realizar suas atividades normalmente já no dia seguinte.

Queiloplastia
O que é: também conhecida como bardotização, em referência à atriz francesa Brigitte Bardot, a técnica promove a inversão dos lábios a partir da parte interna e constrói um novo contorno. “Por meio de uma incisão na linha do contorno labial, retira-se uma pequena quantidade de pele ao redor dos lábios, unindo-a com a mucosa labial interna”, explica o cirurgião plástico Naif Thadeu (SP). Esta técnica é realizada sob anestesia local com sedação, dura em torno de 40 minutos e a cicatriz é fina, rente ao contorno labial e, por isto, pouco visível e não é necessário internação da paciente.
Indicação: para pessoas acima de 18 anos que possuem lábios finos ou murchos que desejam aumentar os lábios.
Contraindicação: pessoas que têm herpes ou que já possuem lábios carnudos.
Prós: a cirurgia não provoca nenhum tipo de reação e não há necessidade de internação.
Contra: se fora bem realizada, não há. O único porém é que pode ocorrer de os lábios ficarem inchados dois ou três dias.
Resultado: em uma semana, já é possível notar que os lábios já estão desinchados.
Cuidados pós-operatório: apesar de não haver necessidade de internação, nos primeiros dias é recomendado ingerir alimentos líquidos e pastosos, já que toda região fica dolorida. A exposição ao sol é proibida por um mês, para evitar que a cicatriz escureça. Mesmo assim, recomenda-se o uso de protetores labiais, que garantem a umidificação dos lábios.

Procedimentos estéticos para resultado temporário
Preeenchimento labial com gel de ácido hialurônico
O que é: presente no nosso organismo, o ácido hialurônico aumenta o volume ou apenas faz o contorno dos lábios quando este não se encontra bem definido. “A natureza hidrofílica do gel permite que ele tenha grande afinidade pela água e, assim, quando aplicado, o gel proporciona que muitas moléculas de água se fixem a ele e este mecanismo gera o volume que os lábios precisam”, explica a dermatologista Christiane Gonzaga, da Clínica Dermolaser (RJ). O procedimento, que dura cerca de 20 a 30 minutos, inicia-se com anestesia local em seguida ocorre a aplicação do gel em pequenas doses através do contorno dos lábios e depois na parte mais central deles para dar mais volume, se necessário.
Indicação: para dar volume aos lábios finos e/ou definir contorno labial.
Contraindicação: mulheres que tenham infecção ativa por herpes.
Prós: o ácido hialurônico é biocompatível com o organismo e não há casos de rejeição. É um produto temporário e em um prazo de meses é absorvido. Essa é uma grande vantagem caso seja a primeira vez e o paciente esteja inseguro quanto aos resultados.
Contra: na maioria dos casos, a paciente quer que o efeito dure mais.
Resultado: dura em torno de seis a nove meses, devendo ser reaplicado uma vez ao ano.
Cuidados pós-operatório: no primeiro dia, indica-se colocar compressas de água gelada no local. Os lábios ficam com edemas por 48 a 72 horas, período que não devem tomar sol.

Toxina botulínica do tipo A
O que é: substância aplicada na área do código de barras (rugas ou linhas da região que fica entre a base do nariz e o contorno do lábio superior). Este procedimento ameniza as rugas periolabiais que, na maioria das vezes, decorre do hábito de fumar. “Não é preciso anestesiar a região onde aplica-se duas unidades da toxina botulínica de cada lado, acima do lábio superior”, explica a Dra. Christiane Gonzaga (RJ). A toxina botulínica do tipo A paralisa ou ameniza o movimento de fazer biquinho e, assim, relaxa o músculo orbicular da boca e previne a formação das rugas.
Indicação: para amenizar a região conhecida como código de barras.
Contraindicação: mulheres grávidas ou com infecções ativas (como herpes).
Prós: a aplicação é rápida e o efeito é bastante satisfatório.
Contra: se for aplicada uma quantidade maior do que a necessária, pode-se ter – ainda que temporariamente, certa dificuldade em sugar um canudo ou assobiar, por exemplo.
Resultado: em dois dias, nota-se a diminuição das rugas. O efeito dura cerca de quatro meses.
Cuidados pós-operatório: nenhum específico.

Use o make a seu favor…
1- Cubra os cantos da boca com base facial e redesenhe o contorno com um lápis labial.
2- Contorne os lábios com um lápis mais escuro do que o usado anteriormente e pinte-os de fora para dentro, deixando o centro um pouco mais claro.
3- Prefira tons mais claros e vivos, já que os escuros e opacos diminuem os lábios.

BOCÃO INSTANTÂNEO EM MINUTOS!
Quando os lábios estão hidratados, somem aquelas rachaduras e consequentemente dá a impressão de que eles são mais carnudos. Este é o princípio dos batons com efeito pump. Geralmente, eles contêm colágeno, vitamina E, mentol e gengibre.