00
Dossiê – lipoaspiração
29 de outubro de 2010
00
Você gosta + dele do que ele de você?
3 de novembro de 2010
Mostrar Todos

As boas novas do rejuvenescimento

00

Conheça aqui, em primeiríssima mão, o que o universo da estética oferece de novo para nos ajudar na luta contra os sinais de envelhecimento

Por Fabiana Gonçalves

As mulheres nunca estiveram tão bem servida de tratamentos para combater os sinais da idade como hoje em dia. Se até alguns anos atrás uma das únicas soluções para deixar a pele uniforme e lisa era a cirurgia plástica, atualmente as opções de tratamentos estéticos são incontáveis. Pipocam por aí inúmeros estudos que comprovam que tais procedimentos são capazes de adiar o bisturi por vários anos. E a prática só comprova que realmente eles são um sucesso. Todas as novidades na área foram reunidas e apresentadas recentemente no 17º Congresso Científico Internacional de Estética, realizado em São Paulo, em agosto deste ano. Existem técnicas para todos os gostos e perfis. As especialistas Zulma Penachio, da Argentina, e Anna Mastropaolo, da Itália, trouxeram dois procedimentos que “refazem” o rosto em pouco tempo, já que são técnicas não-invasivas que prometem devolver à pele o contorno facial e a jovialidade, perdidos com os sinais do tempo. Mas não é só isso, existem técnicas que aumentam os seios como uso de substâncias como ácido hialurônico, que já utilizado para eliminar marcas de expressão facial, bem como cremes de uso diário que prometem remodelar o formato do rosto. Ansiosa para saber detalhes? Então fixe os olhos na matéria a seguir.

Sculptessence
O que é: é um remodelador cutâneo natural derivado da semente de linho e que contém polissacarídeos, a única molécula capaz de reter uma grande quantidade de água, protegendo contra a degradação de colágeno da pele. Com o uso do ativo Sculptessence, a cútis ganha força, resistência e flexibilidade. Com isso, melhora a hidratação e o rosto ganha novos contornos, já que a substância age como um preenchedor natural que combate a flacidez, afirma a farmacêutica Mika Yamaguchi consultora técnica da Biotec Dermocosméticos, empresa fabricante do ativo Sculptessence (SP).
Como funciona: o médico formula um creme com o ativo Sculptessence concentrado a 5% ou 6%, juntamente com outros ativos escolhidos de acordo com cada caso a ser tratado.
Indicação: peles com marcas de expressão e sulcos faciais profundos, em geral em pessoas a partir dos 40 anos.
Número de sessões: o produto deve ser aplicado na face diariamente, pela manhã e à noite, em casa.
Resultados: a partir de 30 dias é possível notar a pele mais firme e com linhas de expressão mais suaves. “A partir de 60 dias de uso, ele remodela o contorno facial, diminuindo sulcos e marcas profundas”, garante a Mika Yamaguchi.
Manutenção: o mesmo creme, mas com concentração diferente, que será indicada pelo médico.
Contraindicações: não tem.
Preço: varia de acordo com a formulação.

VC System – Vacina anti-age
O que é: produto de uso profissional formulado com moléculas sintéticas que estimulam a pele a retornar ao seu estado jovem. Isso é possível porque os ativos promovem um estímulo que ajuda na repovoação de novas células na derme, devolvendo o volume típico da pele jovem. “Trata-se de um sistema de multicamadas que permite que seus princípios ativos atuem nas fases do processo de reestruturação celular e da reconstrução da estrutura dérmica, proporcionando melhoras na superfície, reduzindo as rugas e devolvendo a integração derme-epiderme”, explica a farmacêutica-bioquímica Joyce Rodrigues, diretora científica da Biomarine Cosmobeauty (SP). Enfim, o tratamento faz com que as células reajam contra os agentes que causam o envelhecimento, ficando protegidas para realizarem a renovação celular.
Como funciona: o VC System – Vacina Anti-Age é um kit composto de VC Powder (em pó), responsável pela repovoação das novas células; VC Active (antídoto líquido), que age na derme e epiderme, rejuvenescendo as células-tronco e fazendo com que elas trabalhem como jovens; VC Estimucell (sérum concentrado e estimulador imunológico), aumenta a capacidade de defesa das células; VC Tópica (creme potencializador), que forma um filme que repõe gradativamente o manto hidrolipídico; e uma exclusiva lâmina removedora do extrato córneo. A aplicação deve ser feita por um profissional.
Indicação: todos os tipos de pele a partir dos 30 anos.
Número de sessões: quatro, sendo uma por semana.
Resultados: estudos mostram que o tratamento reduz em até 90% a profundidade das rugas, além de melhorar a hidratação e firmar a pele. Os efeitos são notados na primeira sessão.
Manutenção: deve-se usar o VC Line, um tratamento home care com os mesmos ativos em concentrações menores.
Contraindicação: nenhuma, a não ser que a paciente tenha alergia a algum dos componentes utilizados.
Preço: R$ 190, em média, cada sessão.

Radiofrequência
O que é: técnica minimamente invasiva realizada em zonas específicas, detectadas por um exame termográfico, que apresentam envelhecimento cutâneo e recebem menos oxigenação do tecido. As aplicações de radiofrequência deixam a pele mais firme, hidratada e com brilho. “A técnica regenera e reorganiza as fibras de colágeno, permitindo o enrijecimento da pele, ao mesmo tempo em que age diretamente no tecido adiposo e fibroso, aumentando a circulação sanguínea e a drenagem dos fluídos”, explica a dermatologista Lorice Miguel (SP).
Como funciona: após um exame termográfico, que identifica as zonas de envelhecimento cutâneo que recebem menos oxigenação do tecido, aplica-se as ondas de radiofrequência que irão aquecer a derme, estimulando a produção de novas fibras de colágeno e diminuindo a flacidez cutânea.
Indicação: pessoas com sinais de flacidez cutânea no rosto.
Número de sessões: de 6 a 12, sendo uma por semana.
Resultados: já na primeira sessão é possível notar a cútis mais hidratada, viçosa e iluminada.
Manutenção: a paciente deve continuar fazendo sessões com intervalos de 15 dias até que consiga liberação médica.
Contraindicação: mulheres gestantes e lactantes.
Preço: R$ 100, em média, cada sessão.

Liftmassage
O que é: técnica que trata a flacidez facial de forma não-invasiva através de uma massagem mecânica chamada de mecanotransdução, que permite corrigir problemas comuns ao rosto maltratado pela gravidade e pelo sol, como rugas, olheiras, sobrancelhas assimétricas, bigode chinês, papada e rosto ovalado”, garante o dermatologista Álvaro Pereira de Oliveira (SP).
Como funciona: o aparelho realiza uma massagem mecânica que na França recebe o nome de pincement (beliscamento). Este processo estimula os fibroblastos da pele do rosto, combatendo, ao longo das sessões, a flacidez cutânea.
Indicação: peles com sinais de envelhecimento.
Número de sessões: 12, sendo feitas duas vezes por semana, com duração de até 45 minutos cada uma.
Resultados: combate rugas, olheiras, bigode chinês e papada. Já na primeira sessão promove um efeito lifting.
Manutenção: fazer uma sessão a cada três meses.
Contraindicação: não tem.
Preço: R$ 250, em média, cada sessão.

Peeling com microcristais de trigo
O que é: tratamento que promove a descamação da camada superficial da pele, seguida da sua renovação. A diferença do novo peeling de trigo é que o tratamento tradicional usa microcristais de óxido de alumínio, que gera resíduos poluentes, enquanto que a novidade é feita com microcristais derivados do trigo, biodegradáveis e 100% naturais. Mas segundo Mariana Monteiro, diretora de marketing da Bioliss (SP), empresa fabricante do peeling, ambos os tratamentos conferem o mesmo resultado. “A vantagem, segundo os esteticistas que adotam a técnica, é que ela agride menos, por isso é indicada para quem tem pele sensível”, afirma. Mas a recomendação de dermatologistas é que seja feita uma avaliação cuidadosa da pele e de suas condições antes de indicar ó procedimento.
Como funciona: o peeling com microcristais de trigo é realizado na face, promovendo uma exfoliação profunda que ativa a microcirculação e estimula a produção de colágeno e elastina.
Indicação: pacientes que apresentem problemas como rugas finas, estrias, sinais de acne e manchas na dérmicas.
Número de sessões: apenas uma.
Resultados: 87% das mulheres ficaram satisfeitas com uma redução nas finas linhas de expressão e 80% delas perceberam a pele mais suave, macia e com brilho renovado.
Manutenção: uma nova sessão a cada dois meses.
Contraindicação: mulheres grávidas e lactantes.
Preço: R$ 200, em média, a sessão.

Em breve no Brasil
Algumas novidades já conquistaram o público no exterior e estão prestes a chegar por aqui!

Rejuvenescimento com blueberry
O que é: o Blueberry (ou Mirtilo, em português), é uma fruta muito comum fora do Brasil e, por ser rica antioxidantes, é a mais nova arma contra o envelhecimento facial, como comprova o estudo inédito feito pela cosmiatra argentina Zulma Penachio. “Minha proposta é combinar a ação antioxidante da fruta aos oligoelementos e à radiofrequência”, explica. Essa frutinha é rica em vitamina C e tem propriedades adstringente, anti-bactericida, anti-inflamatória e vasoprotetora, por isso apresenta resultados excelentes para o rejuvenescimento.
Como funciona: a cosmiatra combina a ação da fruta com oligoelementos como cálcio, fósforo e cobre, que potencializam o efeito em aplicações na pele, a aplicações de radiofrequência, que auxilia na produção de mais colágeno, estimula a produção de fibroblastos, aumenta a oxigenação da pele, diminui a flacidez e as marcas de expressão.
Indicação: pessoas com peles desvitalizadas, cansadas, com linha finas e, geralmente, a partir dos 30 anos.
Número de sessões: de 5 a 10, em média.
Resultados: a partir da primeira sessão, a cútis apresenta tonicidade e brilho. Depois da terceira há uma melhora na vitalidade, nas linhas finas de expressão e no contorno do rosto.
Manutenção: fazer uma sessão por mês.
Contraindicação: pacientes com câncer e grávidas.

Células-tronco vegetais
O que é: é uma linha italiana de tratamento com produtos à base de células-tronco vegetais e ácido hialurônico. Com o passar do tempo, os fatores de agressão externos podem fazer com que as células estaminais percam sua vitalidade, acentuando rugas e provocando a flacidez da pele, deixando-a frágil e desidratada. “As células estaminais têm a capacidade de multiplicação, elas dão vida a centenas novas células que compõem as camadas da pele. Como são a fonte principal de regeneração, o tratamento age em todos os níveis”, afirma a farmacêutica italiana Anna Mastropaolo, uma das palestrantes mais disputadas durante o 17° Congresso Científico Internacional.
Como funciona: os produtos de uso tópico combinam a ação do ácido hialurônico com baixo peso molecular, para manter a pele hidratada durante todo o dia; óleo de mekabu ativo, que age sobre a membrana basal, protegendo do meio ambiente as células adultas estaminais, reativando o mecanismo de regeneração; e, na profundidade, a substância hematita estimula o colágeno. Os produtos chegarão em breve ao Brasil pelo Laboratório Biocorporação.
Indicação: mulheres que já apresentam os primeiros sinais de envelhecimento facial e que estejam com queda da produção de colágeno. Normalmente, a partir do 30 anos.
Número de sessões: dez, em média.
Resultados: notados a partir da terceira sessão.
Contraindicação: pacientes com câncer e grávidas.

Tem no vidade para o corpo > Seios maiores com Macrolane
O que é: técnica que utiliza uma estrutura molecular do ácido hialurônico para substituir o silicone. “O Macrolane é um ácido hialurônico de origem não-animal, biodegradável, com uma partícula maior para aplicação em áreas corporais”, explica a dermatologista Daniela Nunes (RJ).
Como funciona: consiste na aplicação local de uma injeção de ácido hialurônico nas mamas. A técnica é simples e é possível voltar ao trabalho no mesmo dia. “Porém, exercícios fisicos devem ser evitados por 48 horas após a aplicação, e o uso de um sutiã mais reforçado é indicado por pelo menos uma semana”, avisa a dermatologista.
Indicação: igualar o tamanho de mamas assimétricas, aumentar os seios em pacientes jovens ou adolescentes e para promover a elasticidade da pele antes de colocar uma prótese de silicone maior.
Número de sessões: apenas uma, com aplicação de quantidade que pode variar de 150 ml a 200 ml da substância.
Resultados: imediato. É possível aumentar até dois manequins.
Manutenção: reaplicação em períodos que variam de um ano e meio a dois anos, porque o ácido hialurônico é reabsorvido pelo organismo.
Contraindicações: gestantes, lactantes e pacientes com doenças autoimunes (aquelas em que o sistema imunológico não reconhece o próprio organismo e passa a atacá-lo), como lúpus.
Preço: a partir de R$ 5 mil, a aplicação.