Correr com silicone exige cuidados
10 de agosto de 2012
“Estou me sentindo mais poderosa”
15 de agosto de 2012
Mostrar Todos

-12 cm em 30 dias

Ok, o friozinho está aí e as roupas estão cobrindo as curvas. Mas isso não quer dizer que você pode abrir mão dos cuidados com o visual! Muito pelo contrário, agora é o momento ideal para investir nos tratamentos estéticos e garantir um shape perfeito até o próximo verão

 

Por Malu Bonetto

Você até pode tentar esconder os terríveis pneuzinhos, que apareceram após aquelas deliciosas noites de fondue, embaixo dos casacos e blusas de inverno. Mas vamos combinar que quando você tirar a roupa para ter uma conversa a sós com o espelho, irá ver que isso não adianta nada e que as dobrinhas estão lá, escondendo as curvas da sua silhueta.

Antes de desanimar e achar que para o seu caso não existe solução, eis uma boa notícia: o inverno é a época mais propícia para entrarmos em forma, já que nosso organismo acaba gastando mais calorias do que o normal para o manter o corpo aquecido nos dias frios. Então, se você juntar essa questão puramente fisiológica com uma dieta rica em verduras, legumes, carnes brancas e sopas magrinhas, irá ficar feliz com o saldo após um mês – um corpo mais sequinho e enxuto.

E se mesmo assim os pneuzinhos insistirem em ficar no seu corpitcho, lance mão de artilharia pesada e conte com a ajuda de tratamentos estéticos poderosos. A equipe da Plástica & Beleza foi à campo para procurar quais as técnicas que reduzem mais medidas em um espaço curto de tempo. Achamos soluções para quem precisa reduzir de 2 a 12 centímetros em apenas um mês. Confira:

 

3 cm com Intradermo sem agulhas

Indicação: procedimento indicado para o combate de celulite, gordura localizada e redução de medidas.

Como é: o primeiro passo é limpar a região que será tratada para, em seguida, ser feita a aplicação de uma mescla de enzimas que irão promover a queima da gordura localizada. A aplicação na camada dérmica ou hipodérmica é feita pelo uso do megasom, o que torna a aplicação indolor e sem o uso de agulhas. “Essa aplicação de uma alta concentração de substâncias liporredutoras, vasodilatadoras e regeneradoras é associada a uma pequena pressão realizada por aparelho que emite ondas e consequentemente estimula o processo de regeneração da pele, melhorando sua aparência e quebrando os nódulos de gordura”, explica a fisioterapeuta Juliana Piola (SP).

Número de sessões: são indicadas cerca de oito a dez sessões, sendo que devem ser realizadas apenas uma por semana.

Resultado: já na primeira sessão é possível notar uma redução de cerca de três centímetros, melhora na aparência da pele, além da suavizacão de celulite e flacidez.

Preço: R$ 160, em média, cada sessão.

 

12 cm com o Celutrat Standard

Indicação: descompactar a camada adiposa e desobstruir possíveis congestionamentos da circulação.

Como é: fabricado pela Equilíbrio Med, o aparelho promove uma massagem que causa a quebra das células gordurosas. “As toxinas não desejáveis do seu interior são eliminadas através do sistema linfático, desencadeando uma reorganização do tecido adiposo e uma nova modelagem corporal”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Valéria de Oliveira Fontes (PR). No combate à celulite, ele rompe as fibroses, estimula a circulação dos vasos sanguíneos, descongestiona e promove a drenagem linfática que facilita a eliminação de toxinas, permite desencadear o processo natural de eliminação das sobrecargas adiposas, reduz as medidas, tonifica e firma a pele.

Número de sessões: são indicadas de duas a três sessões semanais, com duração de 30 minutos cada uma delas.

Resultado: perde-se, em média, de 8 a 12 cm de gordura localizada abdominal em cerca de dez sessões. A partir da décima aplicação é observada até 75% de melhora no aspecto da pele, pois ocorrem mudanças nas regiões afetadas pela celulite e volume adiposo, trazendo harmonia do contorno corporal como um todo.

Preço: de R$ 30 a R$ 100, cada sessão.

 

6 cm com a Manthusterapia

Indicação: redução de gordura localiza e celulite.

Como é: o equipamento da KLD Biosistemas realiza uma terapia simultânea de ultrassom de alta potência e correntes estereodinamicas. O ultrassom realiza uma sonoporação, ou seja, a dilatação dos poros do adipócito, que faz com que o conteúdo lipídico seja expelido. “A corrente faz a captação e bombeio do sistema linfático, o que faz com que o conteúdo seja metabolizado mais rapidamente, reduzindo medidas desde as primeiras sessões”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Elaine Canhassi (SP).

Número de sessões: são indicadas, em média, de oito a dez sessões realizadas de duas a três vezes por semana.

Resultado: redução de até seis centímetros em dez sessões.

Preço: de R$ 60 a R$ 110, cada sessão.

 

5 cm com Liposonix [em breve]

Indicação: para amenizar as gorduras localizadas.

Como é: com previsão de chegar ao Brasil no início do ano que vem, o aparelho emite ondas de ultrassom de cavitação de alta intensidade. “Elas promovem a ruptura da membrana do adipócito (célula de gordura) e seu conteúdo é metabolizado e eliminado naturalmente pelo organismo”, explica a dermatologista Mônica Felici, da Clinica Splendore, em Campinas (SP).

Número de sessões: uma única sessão.

Resultado: redução de quatro a cinco centímetros.

Preço: não há ainda um preço estipulado.

 

10 cm com UltraCavity

Indicação: garantir definição no contorno corporal.

Como é: fabricado pela empresa Ad- vice Master, esse equipamento é um ultrassom cavitacional que trabalha diretamente nas células adiposas. “Esta tecnologia destrói as células adiposas e solubilizando a gordura. As células atingidas ficam porosas e são eliminadas por vias naturais como suor, urina e fezes”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Estela Cardoso, da Clínica Arthys (RJ).

Número de sessões: de três a cinco, sendo que devem ser realizadas apenas uma por semana.

Resultado: pode-se eliminar até dez centímetros por sessão.

Preço: R$ 280, em média, cada sessão.

 

4 cm com New Shape RF

Indicação: para redução de medidas em pele flácida.

Como é: através da radiofrequência dinâmica resistiva, emite ondas de calor durante a aplicação capazes de atingir as células adiposas e reduzi-las de tamanho por bioimpedância. “Aumenta o metabolismo, promove a redução de medidas e contrai o colágeno além de promover redução das células adiposas simultaneamente à contração do colágeno em todas as camadas”, explica o dermatologista Jauru de Freitas (RJ).

Número de sessões: são indicadas de seis a oito sessões que devem ser feitas semanalmente ou quinzenalmente.

Resultado: há redução, em média de 15% a 20% das medidas em cada. “Em pacientes que estiverem com peso ideal e praticantes de atividades física tem resultados superiores a quatro por sessão.

Preço: R$ 300, em média, cada sessão.

 

2 cm com o Crio Redux

Indicação: redução de pequenas áreas de gordura localizada.

Como é: o aplicador do aparelho é posicionado na área a ser tratada, resfriando intensamente o local. O aparelho suga e segura à gordura localizada entre duas placas de resfriamento. “A sensação é de um puxão

firme e forte o suficiente para garantir que o tecido da área selecionada forme uma prega de gordura e seja resfriado da forma mais eficiente possível. O organismo reage aumentando a temperatura local e, consequentemente, gastando energia para gerar este aquecimento, determinando assim uma melhora no contorno corporal, devido à redução de medidas”, explica a médica Paula Cabral, da Clínica Hagla (RJ).

Número de sessões: uma sessão, que varia de uma a duas horas, dependendo da região a ser tratada. E depois de seis a oito semanas, uma nova sessão pode ser realizada.

Resultado: dois centímetros, em média, por sessão.

Preço: de R$ 180 a R$ 200, cada sessão.

 

10 cm com Heccus + dermotonus Esthetic

Indicação: redução de gordura localizada e celulite.

Como é: este tratamento associa a terapia combinada do equipamento Heccus e a massagem mecânica do equipamento Dermotonus Esthetic, ambos da Ibramed (SP). No Heccus, os efeitos do ultrassom associados aos da corrente Aussie, ativam a lipólise, promovem a quebra de aderências, melhora do fluxo sanguíneo e estimulam a drenagem dos líquidos intercelulares. Segundo a fisioterapeuta dermatofuncional Renata Michelini Guidi (SP), o ideal é associar os efeitos terapêuticos promovidos pelo Heccus, com a massagem mecânica que, através da ventosa com roletes, aplicada no sentido das fibras de tensão da pele, promovem melhora do contorno corporal com remodelagem tecidual.

Número de sessões: são indicadas, em média, dez sessões, que podem ser realizadas de duas a três vezes por semana, respeirtando-se o intervalo de um dia entre elas.

Resultado: logo nas primeiras sessões é possível observar redução de medidas e do quadro de celulite de forma significativa com melhora do aspecto da pele. Após seis a dez sessões de tratamento estima-se a redução de quatro a dez centímetros, em média.

Preço: de R$ 120 a R$ 300, por sessão.

 

10 cm com carboxiterapia

Indicação: perda de gordura localizada.

Como é: através de uma agulha bem fi na, aplica-se gás carbônico no tecido adiposo (tecido das gorduras). “O trauma no tecido e o aumento no metabolismo provoca uma agitação nas moléculas de gordura, oxigenando a região de aplicação, além de auxiliar no retorno linfático e venoso do organismo”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Mayne Chiaparro, da Clínica Pró-Corpo (SP).

Número de sessões: são indicadas, no mínimo, dez sessões que devem ser feitas em dias intercalados.

Resultado: já na primeira sessão nota-se perda de medidas, mas ao final das dez sessões elimina-se até 10 centímetros.

Preço:R$ 75, em média, cada sessão.

 

Curvas perfeitas com Vaser

Com essa técnica de lipoaspiração é possível observar a perda de medidas em áreas como cintura, culote e coxas, além da melhora no contorno corporal.

Como é: importado pela MedSystems, o Vaser Lipo utiliza a tecnologia ultrassônica para remover seletivamente a gordura corporal indesejada, deixando os tecidos vitais ilesos, o que proporciona menos trauma e rápida recuperação. Para iniciar o procedimento, o médico irá injetar uma solução de lidocaína e epinefrina na área do tratamento, a fim de expandir a camada de tecido e anestesiar a região. “Depois que emulsifica-se o tecido adiposo na área do tratamento, a gordura é removida por meio de um dispositivo que minimiza trauma nos tecidos circundantes”, explica o cirurgião plástico Rodrigo Gimenez, de Campinas (SP). Como a técnica busca apenas a gordura, preserva-se o tecido conjuntivo, os vasos sanguíneos e os nervos ao redor.

 

Leia essa e outras matérias na Plástica & Beleza n° 128.